Fonte: OpenWeather

    Cachorros


    Por que os cachorros comem grama? Especialista responde

    Médica Veterinária, Marina Pandolphi Brolio, diz que pode ser por muitas razões e uma delas é ajudar na digestão

    Se você tem cachorro, já deve ter observado o hábito curioso dele comer grama ou pequenas folhas
    Se você tem cachorro, já deve ter observado o hábito curioso dele comer grama ou pequenas folhas | Foto: Divulgação

    Se você tem cachorro, já deve ter observado o hábito curioso dele comer grama ou pequenas folhas. Mas, afinal, você sabe por que os cachorros fazem isto?

    A coordenadora do curso de Medicina Veterinária do Centro Universitário Fametro, Marina Pandolphi Brolio, explica que os cães podem ingerir grama por vários motivos, e nem sempre há razão para se preocupar. Muitos tutores questionam se comer grama significa estar com fome, com alguma doença, com vermes intestinais ou se os pets fazem isso apenas para chamar a atenção ou se distrair. “Não existe uma resposta única para essas perguntas. Mas há algumas possibilidades a considerar”, afirmou.

    Segundo Marina, a grama é rica em fibras e pode ajudar no processo da digestão. Além disso, algumas plantas agradam o paladar dos cães e são um complemento da alimentação. “É fácil observar quando um alimento “não cai bem” e incomoda o cachorro. Em geral, ele procura por plantas. Isso porque a grama ajuda na digestão e contribui para a limpeza gastrointestinal”, frisa.

    Por serem ricas em fibra, a grama ou folha aceleram o trânsito gastrointestinal e ajudam o organismo a expelir de forma rápida o alimento, seja nas fezes ou através do vômito. Outras situações de desconforto intestinal podem induzir os cães a comerem grama, como por exemplo, digestão lenta, presença de gases, cólicas, diarreia e fezes secas. A dica é observar o animal. De acordo com a veterinária, geralmente, quando está com algum desconforto ou se sentindo enjoado, o pet costuma comer mais grama que o normal. E come a planta que encontrar primeiro. Já quando está bem, e quer simplesmente ingerir a grama, o cachorro costuma ser mais seletivo, fareja mais e escolhe aquela que mais lhe agrada.

    Raramente o hábito de comer grama significa um problema sério, mas os tutores devem se preocupar quando isso se torna constante e está acompanhado de vômitos, apatia, perda de apetite e diarreia. Esses sintomas podem significar alguma situação mais grave, como verminose, má nutrição, ingestão de corpo estranho. “Neste caso, o melhor a se fazer é procurar o médico veterinário de confiança, para um exame geral e orientações mais direcionadas”, ressaltou.

    A coordenadora chama atenção para a importância de manter uma alimentação equilibrada, com boas fontes de nutrientes e a vacinação e vermifugação em dia. “Quando ingerem plantas de parques e áreas públicas, os cães podem, por ventura, se contaminar com algum parasita”, frisou.

    A veterinária lembra que há uma lista de plantas que são tóxicas para os cães e que os tutores devem ficar atentos àquelas que despertam o interesse do animal. Já há no mercado gramas próprias para o consumo dos cães. “Essa pode ser uma boa opção para entreter os pets que têm o hábito de comer grama”.

    *com informações da assessoria

    Leia mais:

    Como estimular a inteligência do cachorro com brincadeiras?

    Jovem é preso após oferecer drogas ao próprio cachorro: veja vídeo

    Menino de seis anos salva irmã de ataque e viraliza na internet