Fonte: OpenWeather

    Doenças


    Registros de gripe sazonal atingem baixas recordes no mundo

    Doenças como caxumba, sarampo e as sexualmente transmissíveis diminuíram

    As regras de distanciamento social global contra o novo coronavírus fizeram os índices de infecção de gripe atingirem baixas recordes
    As regras de distanciamento social global contra o novo coronavírus fizeram os índices de infecção de gripe atingirem baixas recordes | Foto: Reprodução

    As regras de distanciamento social global contra o novo coronavírus fizeram os índices de infecção de gripe atingirem baixas recordes. Na China, onde as primeiras medidas de isolamento de larga escala foram adotadas, novos relatórios de doenças como caxumba, sarampo e algumas doenças sexualmente transmissíveis diminuíram consideravelmente, mas os casos de gripe tiveram o maior declínio.

    As infecções relatadas mensalmente pelo Ministério da Saúde do país caíram mais de 90% desde o início do isolamento --de uma média de cerca de 290 mil casos por mês para 23 mil.O sistema de vigilância de gripe do Canadá também relatou "níveis excepcionalmente baixos" da doença em um relatório recente, assim como outros países que relatam estatísticas de vigilância de gripe semanalmente, como Reino Unido e Austrália.

    Em seu relatório semanal mais recente, o portal de doenças infecciosas da Coreia do Sul registrou uma redução de 83% de casos na comparação com o mesmo período do ano passado.

    A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que, anualmente e em todo o mundo, entre 3 milhões e 5 milhões de doenças graves e até 500 mil mortes estão ligadas à gripe sazonal.Embora especialistas digam que a diminuição de infecções de gripe tenha reduzido a pressão sobre os sistemas de saúde e o número de fatalidades decorrentes da gripe, também existe o temor de a redução inédita de casos ter um impacto negativo nos níveis de imunização nas próximas estações.


    Leia mais:

    Armadilhas para mosquito da dengue são montadas para combater doença

    Aplicativo ajuda a rastrear contatos de infectados com Covid-19

    Amazonas ultrapassa os 100 mil casos de Covid-19