Fonte: OpenWeather

    Movimento intestinal


    Como tratar a diarreia com a alimentação?

    É bom saber que certos alimentos podem piorar os sintomas, enquanto outras comidas ajudam a minimizar o desconforto

    Priorize o aumento do consumo de água na tentativa de compensar o excesso de perda dela pelo intestino | Foto: Divulgação

    Bastou comer algo diferente para bater aquela vontade de correr para o banheiro? Provavelmente você foi pego pela diarreia aguda, causada por algum vírus, bactéria ou intoxicação alimentar. Isso gera aumento no movimento intestinal (o que explica as incontáveis idas ao toalete), além da perda da consistência das fezes. Em geral, o problema dura de dois a cinco dias, se resolvendo sem necessidade de medicamento. Mas é bom saber que certos alimentos podem piorar os sintomas, enquanto outras comidas ajudam a minimizar o desconforto e evitar complicações —como a desidratação.

    Com a ajuda de Claudio Barsanti, presidente da Sociedade de Pediatria de São Paulo (SP), Vera Lucia Sdepanian, presidente do Departamento de Gastroenterologia da mesma sociedade, além de Sandra Lúcia Fernandes, médica nutróloga da ABRAN, mostramos o que você deve comer e o que evitar quando está com diarreia.

    Água

    Priorize o aumento do consumo de água na tentativa de compensar o excesso de perda dela pelo intestino. Esse cuidado com a hidratação deve ser redobrado no caso de crianças e idosos. Caso a pessoa esteja com a boca seca e urina muito escura, é hora de entrar com o soro caseiro: 1 colher (café) de sal + 1 colher (sopa) bem cheia de açúcar para cada litro de água.

    Banana

    Contém carboidratos facilmente digeríveis, que agem de forma suave no intestino. A fruta também é cheia de potássio, um eletrólito que muitas vezes perdemos durante a crise de diarreia. Além disso, bananas têm pectina, que ajudam a absorver o líquido no intestino e permitem que as fezes se movam de forma mais suave.

    Arroz

    O objetivo durante uma crise é ingerir alimentos que sejam brandos e pobres em fibras, ambas qualidades do arroz branco puro. Apesar de ser sem graça quando consumido sozinho, ele é facilmente digerido e também tem o efeito de conseguir deixar as fezes menos pastosas.

    Batata amassada

    Esqueça a manteiga e o leite da tradicional receita do purê, pois eles não são bons ingredientes quando você está lutando contra uma diarreia. O melhor é ferver o tubérculo e depois esmagá-lo com a ajuda do garfo, acrescentando apenas um pouco de sal. As batatas são ricas em potássio, além de serem facilmente digeridas.