Vacina


Campanha contra poliomielite e de multivacinação tem início em Manaus

Pais e responsáveis precisam estar atentos ao calendário de vacinação

Crianças e adolescentes poderão ter apenas um acompanhante para acessar a sala de vacina
Crianças e adolescentes poderão ter apenas um acompanhante para acessar a sala de vacina | Foto: Altemar Alcântara / Semcom

Manaus - Com 18 vacinas preconizadas no Calendário Nacional de Vacinação, a Prefeitura de Manaus iniciou nesta segunda-feira (5) a campanha contra poliomielite e de multivacinação. O público-alvo é formado por crianças e adolescentes na faixa etária de 0 até 14 anos, 11 meses e 29 dias.

O titular da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), Marcelo Magaldi, informa que a campanha segue até o dia 30 deste mês e as vacinas estão disponíveis em 168 pontos de atendimento localizados nas zonas Norte, Sul, Leste, Oeste e rural de Manaus.

“As unidades de saúde estabeleceram fluxos de atendimentos diferenciados para atender a população, levando em conta a pandemia da Covid-19, evitando aglomeração e reduzindo o risco de disseminação do novo coronavírus. E crianças e adolescentes poderão ter apenas um acompanhante para acessar a sala de vacina”, alerta Magaldi.

A lista com o endereço das salas de vacina pode ser consultada no site da Secretaria Municipal de Saúde 

Quem deve vacinar

Um dos focos é a imunização contra a poliomielite (paralisia infantil), doença contagiosa causada pelo poliovírus e que não é registrada no Brasil desde 1990. 

Na campanha contra poliomielite, todas as crianças na faixa etária de um a quatro anos deverão receber uma dose da Vacina Oral contra Poliomielite (VOP). Para crianças de dois meses até 11 meses e 29 dias, os profissionais de saúde irão avaliar o cartão de vacina e verificar a necessidade de doses da Vacina Inativada contra a Poliomielite (VIP), seguindo o preconizado no calendário nacional de vacinação.

Já na campanha de multivacinação, o público-alvo é na faixa etária de 0 até menores de 15 anos (14 anos, 11 meses e 29 dias), com a oferta de vacinas como a BCG, que previne a tuberculose; Pentavalente, contra a difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e o vírus Haemophilus influenzae B; Rotavírus, contra a gastrointerite; Pneumocócica 10, que protege a pneumonia, meningite e otite; Meningocócica C; Meningocócica ACWY (para adolescentes de 11 e 12 anos); Tríplice viral, que previne sarampo, caxumba e rubéola; varicela; Vacina HPV; Hepatite A; Dupla Adulto, contra difteria e tétano; e febre amarela.

*Com informações da assessoria

Leia mais:

Colesterol atinge mais da metade da população brasileira

Saiba onde vacinar seu filho contra sarampo e polio