Fonte: OpenWeather

    Alimentação


    Mudança de hábito é a principal receita para se atingir o peso ideal

    Alimentação deve ser compostas por itens simples e que são facilmente encontrados nos supermercados

    Diferente do que muita gente pensa, a adoção de hábitos saudáveis não está ligada ao consumo de alimentos caros | Foto: Divulgação

    Manaus - De acordo com o levantamento mais recente feito pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e divulgado na última quarta-feira (21), a proporção de obesos na população com 20 anos ou mais de idade do país mais que dobrou entre os anos de 2003 e 2019. Especialistas afirmam que somente a mudança de hábito pode frear esse aumento.

    Segundo o estudo, o número e pessoas obesas na faixa etária dos 20 anos passou de 12,2% para 26,8%. No período, a obesidade feminina passou de 14,5% para 30,2% e se manteve acima da masculina, que subiu de 9,6% para 22,8%. 

    Também houve um aumento significativo no número de pessoas com mais de 20 e que estão com excesso de peso. O dado subiu de 43,3% para 61,7% nos mesmos 17 anos. Entre os homens, foi de 43,3% para 60% e, entre as mulheres, de 43,2% para 63,3%.

    “Os primeiros passos a ser mudado é a mudança de comportamento dos pensamentos e das  atitudes, além de quebrar crenças limitantes”, afirmou a nutricionista do DB Supermercados, Evanilde Campos.

    Segundo a especialista, é preciso programar o cérebro e adotar um novo estilo de vida, e a partir daí tornar a perda de peso um processo mais simples e natural. 

    Diferente do que muita gente pensa, a adoção de hábitos saudáveis não está ligada ao consumo de alimentos caros, específicos e difíceis de serem encontrados. Fazer uma reeducação com “comida de verdade” é a forma ideal e definitiva de alcançar os objetivos. 

    Em uma ida simples ao supermercado, pode-se encontrar tudo o que é preciso para iniciar e manter esses hábitos. Mas há também a possibilidade de incrementar um pouco a alimentação e ainda assim manter a dieta. No Empório DB, na rua Salvador, por exemplo, além de itens comuns na dieta de todos, como frutas, carboidratos, proteínas e laticínios, também é possível encontrar itens como amêndoas, farinhas especiais, frutas importadas e itens livres de açúcares e low carb.

    Outro ponto que Evanide destaca é o envolvimento de toda a família para a mudança dos hábitos. “Se uma pessoa na família muda e tem resultados satisfatórios, todos acabam acompanhando esse ritmo. Se colocar na despensa e geladeira apenas ‘alimentos de verdade’, ou seja naturais, toda a família acaba seguindo as regras. No início é difícil, mas com acompanhamento de profissionais e determinação, a mudança acontece”.

    Dicas para manter o peso ideal:

    1- Não ficar por mais de quatro horas sem se alimenta;.

    2- Mastigar bastante os alimentos;

    3- Tomar água nos intervalos das refeições.  30 ml pra cada kg de peso corporal (dia todo);

    4- Sempre nas principais refeições (café, almoço e jantar) procurar consumir : Carboidrato, proteína e sais minerais e vitaminas;

    5 – Fazer atividades físicas regulares.

    *Com informações da assessoria