Saúde


Busca por prática de meditação aumenta durante isolamento social

No período de pandemia da Covid-19, a busca cresceu 4.000%, segundo dados do Google

De acordo com o Google, as buscas por "como ser uma pessoa mais calma" tiveram um aumento de 3.250% em relação ao ano passado. "Espairecer a mente" cresceu 400% | Foto: Reprodução Internet

Manaus – Desde março deste ano, com o início da pandemia da Covid-19 no mundo inteiro, grande parte da população tem buscado maneiras de diminuir a ansiedade e o estresse gerados pelo isolamento social, uma delas é a prática diária da meditação, que ajuda a garantir a saúde mental.

Além disso, segundo um estudo em Medicina preventiva, publicado em 2018, afro-americanos e latinos- americanos têm maior probabilidade de apresentar risco de malefícios para o bem-estar.

Nas buscas do Google, em relação ao ano passado, a pesquisa “como fazer meditação para ansiedade” cresceu 4.000% e o aumento de “benefícios da meditação” chegou aos 200%.  Um dos motivos, conforme pesquisa da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, é em razão dos sintomas de ansiedade, depressão e estresse, que dobrou no país.

Daniel Morinho, jornalista e escritor, comentou que a prática trouxe inúmeros benefícios para a sua rotina e melhorou principalmente sua expressividade.

“Comecei a praticar meditação no final de 2013, desde então a prática é diária, 20 minutos pela manhã, mas na maioria das vezes faço pela noite. Percebi um desenvolvimento pessoal, algo como encarar os desafios da rotina, melhorei na interação com as pessoas e amigos, consigo me expressar melhor, estabelecer relações. Acho que essa prática proporciona uma melhoria interna”, relatou

No período de isolamento social, para o escritor a meditação também colaborou, e acredita que a prática possa trazer outros resultados.  

“Durante a pandemia foi algo ótimo, que ajudou bastante. As pessoas pensam muito que meditação deixa apenas você calmo, mas ela serve para muitas outras coisas também, questões espirituais e mudanças internas", disse.

Para Danielly Inomata, professora de biblioteconomia, que decidiu praticar por questão da ansiedade e dificuldade para dormir, a prática de meditação trouxe aspectos positivos tanto no âmbito mental como espiritual.

Para Danielly Inomata, a prática de meditação trouxe aspectos positivos
Para Danielly Inomata, a prática de meditação trouxe aspectos positivos | Foto: Arquivo Pessoal

“A meditação faz parte da minha vida desde 2016.  Antes disso, houveram muitas tentativas até que se tornou uma prática. A meditação traz vários benefícios para a vida no âmbito mental e espiritual, mas posso, seguramente, elencar a concentração, a respiração mais fluída, relaxamento, desaceleração do pensamento em momentos de tensão e stress, até mesmo foco na tomada de decisão. Sempre falo que meditação não é somente silenciar a mente (como normalmente se pensa), meditar é concentrar a mente em um objetivo e/ou foco específico”, explica a professora.

Instrutora de meditação e atenção plena (mindfulness), Carolina Bertsch, acredita que o a rotina com constante do virtual durante a pandemia é um dos motivos para a busca pela prática.

“Uma das causas é que as pessoas não estão conseguindo ligar com uma quantidade enorme de informação que estamos recebendo. As pessoas acabam focando mais no virtual e está acelerando o processo. Chega uma hora que assim como o computador, nosso sistema trava. Precisamos de manutenção, então a meditação é uma das formas de dar bem-estar, cuidando da nossa saúde mental”, afirma.

Aplicativos de meditação e autoconhecimento, como o brasileiro Positiv App, são uma das ferramentas que colaboram para aprender a prática da meditação.

Aromaterapia

Para muitos, o perfume em casa é sinônimo de bem-estar. Dependendo do aroma acolhido para cada casa podem proporcionar emoções e um ambiente ainda melhor.  O interesse por aromaterapia cresceu nos últimos dez anos no mês de julho, com 79% entre abril e julho.

Leia Mais:

Meditação e Neurociência para performance de alunos no vestibular

Terapias integrativas são usadas em pacientes pós-covid no AM

Três dicas para retomar o controle da sua vida durante a pandemia