Fonte: OpenWeather

    Dicas


    Bebeu demais no Réveillon? Confira dicas para curar a ressaca

    Livre-se da dor de cabeça e da tontura com algumas ideias naturais e receitas especiais

     

    A recomendação  é ingerir muitos líquidos, frutas e diminuir a frequência dos maus hábitos
    A recomendação é ingerir muitos líquidos, frutas e diminuir a frequência dos maus hábitos | Foto: Getty Images

    Manaus - O ano de 2021 já começou e para quem exagerou na bebida o resultado é uma ressaca. A dor de cabeça, sensibilidade a luz e enjoo são frutos da ingestão de álcool. É como se fosse o efeito colateral. Afinal, as bebidas alcóolicas não deixam de ser uma droga, apesar de lícita. Mas o que fazer para parar esse desconforto? Veja algumas dicas para curar essa dor.

    A recomendação, segundo o médico e comentarista de saúde da TV Globo Luiz Antonio Silva, é ingerir muitos líquidos, frutas e diminuir a frequência dos maus hábitos.

    1 -  Beba muita água

    Você está mal porque seu fígado esta trabalhando dobrado para eliminar todo o álcool do organismo. Um dos efeitos é a desidratação. Por isso beber muita água é importante, porque auxilia na eliminação do álcool e permite que o corpo esteja bem hidratado. Água de coco e soro caseiro também são válidos

    2 -  Coma algo doce

    O álcool diminui o açúcar no sangue. Para voltar ao equilíbrio, recomenda-se a ingestão de algo doce. Mas não exagera, tá?

    3 -  Evite beber de estômago vazio

    Com a barriga vazia o álcool é absorvido mais depressa e com maior intensidade. Para evitar a ressaca, recomenda-se beber alimentado. Mas cuidado para não vomitar em ninguém.

    4 -  Descanse o corpo

    É recomendado o descanso de álcool de pelo menos 48 horas para que o corpo se recupere. Então nada de querer curar ressaca bebendo de novo, pode piorar a situação.

    Veja mais:

    Bebeu demais no Natal? Confira dicas para curar ressaca

    Exagerou no álcool? Saiba como curar a ressaca de Carnaval

    Exagerou no Réveillon? Veja dicas para curar a primeira ressaca do ano