Fonte: OpenWeather


    Ciência comprova os benefícios da fé para a mente

    Apóstolo afirma que o grande segredo de encontrar Deus na 'tempestade' é buscá-lo com sinceridade

     

    Estudos apontam que fé é aliada em tratamentos de saúde física e mental
    Estudos apontam que fé é aliada em tratamentos de saúde física e mental | Foto: Alexandro Alves/ Chama Church

    Manaus (AM) - Inúmeros estudos apontam que a fé traz benefícios para a saúde física e mental. Trata-se de conjunto de valores morais, mentais e emocionais que norteiam pensamentos, comportamentos e atitudes e que podem ter conexão direta com Deus por meio da fé.  As pesquisas mostram que fiéis são mais felizes, vivem mais, conseguem combater doenças e superar adversidades com mais facilidade.

     

    Pesquisas mostram que fiéis são mais felizes
    Pesquisas mostram que fiéis são mais felizes | Foto: Larissa Freitas/ Chama Church

    “A fé é um remédio poderoso para a saúde mental, pois ela é fonte de esperança, por meio da fé você enxerga sempre uma luz no fim do túnel. Ela traz alento e forças para continuar vivendo e lutando”, revela o apóstolo da Chama Church, Richard Mattos.

    Cientistas das universidades americanas de Columbia e Yale demonstraram recentemente que o estado de conexão com algo maior, seja pela experiência religiosa ou não, está associado a uma menor atividade da região parietal do cérebro. Ao alcançar esse estado de consciência, a pessoa apresenta um adormecimento de uma região fortemente vinculada à percepção de si mesmo e dos outros.

    Fé, mente e corpo

     

    Para o apóstolo Richard Mattos, a fé beneficia o corpo e a mente, porque ela reestrutura sentimentos, pensamentos e comportamentos
    Para o apóstolo Richard Mattos, a fé beneficia o corpo e a mente, porque ela reestrutura sentimentos, pensamentos e comportamentos | Foto: Arquivo Pessoal

    Um estudo populacional feito em 2001 pelo Centro Nacional de Adição e Abuso de Drogas dos EUA constatou que adultos que não consideram religião importante em suas vidas consomem muito mais álcool e drogas do que os que acham os credos relevantes e tem uma vida muito mais desregrada no que diz respeito à saúde. É a versão real dos Simpsons: Homer Simpson faz pouco de qualquer fé, é obeso e alcoólatra. Já seu vizinho religioso, Ned Flanders, é regrado, tem saúde perfeita e corpo sarado.

    Para o apóstolo, a fé beneficia o corpo e a mente, porque ela reestrutura sentimentos, pensamentos e comportamentos. “Todos nós somos fruto desses fatores internos, logo a fé influencia na minha autoestima. Se tenho uma fé de que terei uma vida longa e feliz me cuidarei para poder desfrutá-la da melhor maneira possível”.

    “Uma paz inexplicável”

     

    Kétila Santos encontrou na fé e na igreja um refúgio no momento de preocupação que enfrentou durante a pandemia
    Kétila Santos encontrou na fé e na igreja um refúgio no momento de preocupação que enfrentou durante a pandemia | Foto: Max Ferreira/ Chama Church

    Mattos afirma que o grande segredo de encontrar Deus na tempestade é buscá-lo com sinceridade. Você vai encontrar nessa busca uma paz inexplicável e uma confiança poderosa. “Não vemos o vento e podemos sentir quando ele chega, não vemos o oxigênio, mas sofremos quando ele nos falta. A Bíblia diz: buscar-me-eis e me achareis quando me buscardes de todo o vosso coração”.

    A estudante de pedagogia Kétila Santos, 28, conta que a fé em Deus e a igreja lhe ajudaram no momento mais difícil da sua vida. Seu pai pegou a Covid-19 e chegou à beira da morte.

    “No período que meu pai ficou muito doente, eu conheci a igreja. Eu fiquei muito preocupada, porém a fé no meu coração me ajudou a acreditar que nós íamos conseguir passar daquela situação. Eu cheguei a duvidar, mas a igreja me ajudou, porque eu ouvia a palavra de Deus por meio das lives e isso me ajudou muito. Hoje digo que meu pai é um milagre de Deus”, ressalta.

    Leia Mais

    Epidemia oculta: saúde mental na era do novo coronavírus