Fonte: OpenWeather

    Imunização


    Anvisa anuncia registro definitivo de vacina da Pfizer no Brasil

    De acordo com a Anvisa, o registro “abre caminho para a introdução no mercado de uma vacina com todas as salvaguardas, controles e obrigações resultantes dessa concessão”

     

    O pedido de registro definitivo é o segundo que a Anvisa recebe para uma vacina contra a covid-19
    O pedido de registro definitivo é o segundo que a Anvisa recebe para uma vacina contra a covid-19 | Foto: Divulgação

    A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) realizou na terça-feira (23) um evento online para apresentar detalhes sobre a aprovação definitiva da vacina contra covid-19 desenvolvida pelo laboratório norte-americano Pfizer.

    Chamada Cominarty, a vacina da Pfizer é a primeira a obter registro definitivo no país, apesar de ainda não estar disponível no mercado.

    De acordo com a Anvisa, o registro “abre caminho para a introdução no mercado de uma vacina com todas as salvaguardas, controles e obrigações resultantes dessa concessão”.

    Até então, as vacinas aprovadas no Brasil são para uso emergencial: a CoronaVac, produzida pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac, e a vacina produzida pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) em parceria com a Universidade de Oxford e o laboratório inglês AstraZeneca.

    O pedido de registro definitivo é o segundo que a Anvisa recebe para uma vacina contra a covid-19. O primeiro foi feito em 29 de janeiro e é relativo à vacina desenvolvida pela farmacêutica AstraZeneca em parceria com a Universidade de Oxford, que já tem autorização para uso emergencial no país.

    Leia Mais:

    Pacientes da FCecon de Manaus são tranferidos para Rio de Janeiro

    Butantan começa envio de mais 5,6 milhões de doses de vacina ao Brasil

    Pesquisadores desenvolvem técnica de produção de figado em laboratório