Fonte: OpenWeather

    Vacinação


    Anvisa decide sobre importação da Sputnik V nesta segunda-feira

    Data da reunião foi marcada em razão do prazo de 30 dias definido pela Lei

     

    Diretores da Anvisa tomarão a decisão depois de receberem dados que estão sendo coletados por servidores da agência na Rússia
    Diretores da Anvisa tomarão a decisão depois de receberem dados que estão sendo coletados por servidores da agência na Rússia | Foto: Reprodução

    A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou que realizará na próxima semana duas reuniões extraordinárias para avaliar processos referentes ao enfrentamento da Covid-19.

    Entre elas, a reunião mais aguardada é a que vai tratar dos pedidos de importação da vacina Sputnik feito por estados e municípios.

    A reunião extraordinária da Diretoria Colegiada sobre a Sputnik, na segunda, vai ocorrer às 18h. "A data da reunião foi marcada em razão do prazo de 30 dias definido pela Lei, e confirmado pelo STF, para que a Anvisa avalie os pedidos de importação de vacinas para Covid sem registro", explicou a Anvisa em nota.

    Na última terça-feira (13), Lewandowski estipulou prazo até o fim deste mês para que a Anvisa decida sobre a "importação excepcional e temporária" de doses da Sputnik V. O ministro tomou a decisão em uma ação protocolada pelo governo do Maranhão, que diz ter negociado 4,5 milhões de doses da vacina produzida pelo Instituto Gamaleya, da Rússia.

    Os diretores da Anvisa tomarão a decisão depois de receberem dados que estão sendo coletados por servidores da agência na Rússia. Os inspetores viajaram na sexta (16) e retornam no sábado (24), depois de inspecionar as empresas Generium e UfaVita, envolvidas na produção do imunizante.


    * Com informações do G1


    Leia Mais:


    Homem furta 1,7 mil doses de vacina contra Covid-19 na Índia

    Cema recebe remessa de medicamentos do Ministério da Saúde

    Fiocruz aponta alta de casos e óbitos por covid-19 em pacientes jovens