Fonte: OpenWeather

    Imunização


    Vacinação de 30 a 31 anos leva centenas de manauaras aos postos

    No Centro de Convenções Vasco Vasquez, o comparecimento da população foi massivo

     

    A adesão da faixa etária de 30 anos tem sido satisfatória
    A adesão da faixa etária de 30 anos tem sido satisfatória | Foto: César Gomes

    Manaus - O anúncio feito pelo Prefeito David Almeida de que maiores de 30 anos já estavam liberados para a vacinação empolgou a população de Manaus. Uma imensa fila se formou na entrada do Centro de Convenções Vasco Vasquez, ao lado da Arena da Amazônia, na avenida Constantino Nery, para que pessoas da nova faixa etária pudessem se vacinar. De acordo com coordenadores da vacinação, a adesão da faixa etária de 30 anos tem sido satisfatória.

    Suelen Costa, 30, blogueira e tatuadora, estava muito animada pela possibilidade de poder se vacinar junto ao namorado. O casal foi internado em janeiro em consequência da Covid-19. 

    "Houve muitos momentos em que pensei que não fosse chegar a vacina, não ia ter. Fiquei com uma desesperança danada. Mas conforme as faixas etárias foram baixando, fui ficando mais animada e agora finalmente chegou a hora. Esse ano e meio de pandemia não foi fácil, trabalhar com tatuagem foi difícil, o meu namorado foi demitido, e ainda houve o peso psicológico de tudo. Mas não perdi ninguém e agora estou vacinada. Me sinto privilegiada e esperançosa!", relata a artista.

     

    Blogueira e tatuadora, Suelen Costa
    Blogueira e tatuadora, Suelen Costa | Foto: Divulgação

    Yuri Torres, 30, publicitário, também ficou aliviado por ter chegado sua vez de proteger-se contra o vírus, e relata ter corrido para se vacinar assim que o anúncio foi feito.

    "Estou bem feliz por ter chegado a minha vez. Já havia impresso meus comprovantes e fiquei aguardando o anúncio da prefeitura para a faixa de 30+, visto que eles sempre adiantam pela parte da tarde. Entre o anúncio e eu ter sido vacinado, foram 40 minutos. O atendimento no ponto de vacinação foi muito bom. Para quem ainda não se vacinou, vá sem medo. Vacinação é um ato coletivo para nos protegermos", afirma o publicitário.

    A titular da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), Shádia Fraxe, pede a quem vai se vacinar que faça seu cadastro e confira os dispositivos de acompanhamento que estão sendo disponibilizados na internet para saber como anda o movimento.

    “É muito importante esse cadastro, principalmente no momento atual da campanha, quando avançamos cada vez mais nas idades da população geral. Permite que o atendimento seja bem mais rápido e, dessa forma, evita que se formem filas. Nosso ‘Filômetro’ está disponível. É só consultar e escolher o ponto que achar melhor”, orienta.

    Para ser vacinado é necessária a apresentação de documento de identidade original com foto, CPF e comprovante de residência (original e cópia, que ficará retida para controle). Os militares devem apresentar a identidade militar e o CPF. No caso das gestantes, além de identidade e CPF, é exigido documento que comprove a gravidez (exame de sangue, ultrassonografia ou caderneta da gestante) e para as puérperas (com até 45 dias de pós-parto), declaração de nascido vivo ou certidão de nascimento da criança.

    Leia mais

    Vacinação para maiores de 22 anos é antecipada em Parintins

    Prefeito anuncia vacinação para pessoas de 30 e 31 anos em Manaus

    Em visita a Nhamundá, governador Wilson Lima anuncia obras em hospital