Fonte: OpenWeather

    Frutas da Amazônia


    Biribá, fruta deliciosa da Amazônia. Já experimentou?

    Se você nunca experimentou o beribá, não sabe o que está perdendo. É uma das frutas brasileiras mais comuns na região amazônica.

     

    A fruta biribá é rica em vitamina C, potássio, cálcio, ferro e fibras.
    A fruta biribá é rica em vitamina C, potássio, cálcio, ferro e fibras. | Foto: Gláucia Chair

    Se você nunca experimentou o biribá, não sabe o que está perdendo. É uma das frutas brasileiras mais comuns na região amazônica. O fruto dá em árvores que podem medir de 4 a 18 metros de altura, e geralmente amadurecem entre março e junho. Quando maduras, as cápsulas se abrem e liberam até quatro sementes comestíveis.Na Amazônia é muito consumida in natura, mas também pode servir para fazer sucos e sorvetes deliciosos.

    O biribá é uma fruta de sabor marcante, doce e agradável. Pode ser usada em saladas, doces, sorvetes e mais. É rica em vitamina C, potássio, cálcio, ferro e fibras, portanto, ajuda na perda de peso e muito mais.

    Leia maisTucumã, Umari e Pajurá: frutas amazônicas com nomes indígenas e sabores exóticos

    Benefícios do biribá

    Protege a saúde do cérebro e a função cognitiva

    Além de suas propriedades mencionadas, o biribá também é rico em vitaminas do complexo B. Mais especificamente, em vitamina B1 (tiamina) e B2 (riboflavina). Em resumo, ambas são essenciais para a saúde do sistema nervoso, para a função cognitiva e para o cérebro de forma geral.

    Ainda, a vitamina B2 beneficia o sistema respiratório e a B1 também ajuda a proteger o fígado contra doenças como a hepatite.

    Ajuda a prevenir a osteoporose

    Também é fonte de cálcio, um dos minerais mais importantes para a força e saúde dos ossos. Portanto, consumir o biribá pode prevenir problemas nos ossos, como a osteoporose (diminuição da densidade dos ossos, que consequentemente se tornam frágeis).

    Coração e músculos saudáveis

    O potássio é um dos minerais mais importantes para a saúde dos músculos bem como do coração. Por isso, devido à presença desse mineral na fruta, ela pode prevenir problemas graves no coração, além de beneficiar a saúde dos músculos – ajudando na contração e demais movimentos, auxiliando na prática de exercícios ao aliviar a sensação de fadiga e mais.

    Previne o envelhecimento precoce da pele

    Por conter grande quantidade de vitamina C, não apenas fortalece a imunidade, mas reduz processos inflamatórios de todos os tipos, inclusive aquele conhecido como “estresse oxidativo”. O estresse oxidativo é causado pelos radicais livres e pode resultar no envelhecimento precoce da pele. Por isso, consumir alimentos ricos em vitaminas anti-inflamatórias pode desacelerar esse processo, bem como reduzir o risco de doenças crônicas.

    Leia mais:

    Ama cupuaçu? Confira receitas diferentes para fazer com a fruta