Fonte: OpenWeather

    Covid-19


    Pernambuco confirma 3º caso de Covid-19 pela variante Delta no estado

    A cepa já está presente em mais de 96 países, é predominante em alguns deles, e preocupa a Organização Mundial de Saúde (OMS).

     

     

    Em 14 de julho, foram confirmados os dois primeiros casos da variante Delta no estado, também em tripulantes do mesmo navio cargueiro. No domingo passado (19), um deles morreu de Covid-19.
    Em 14 de julho, foram confirmados os dois primeiros casos da variante Delta no estado, também em tripulantes do mesmo navio cargueiro. No domingo passado (19), um deles morreu de Covid-19. | Foto: Reprodução


    Pernambuco - Nesta sexta-feira (23), o governo de Pernambuco confirmou o 3º caso da variante Delta do coronavírus. Segundo as autoridades sanitárias locais, a cepa teria se alastrado por meio de um tripulante do navio cargueiro Shoveler, que chegou à costa pernambucana no fim de maio. Filipino, o homem de 58 anos já encontra-se curado da Covid-19.

    Em 14 de julho, foram confirmados os dois primeiros casos da variante Delta no estado, também em tripulantes do mesmo navio cargueiro. No domingo passado (19), um deles morreu de Covid-19.

    A Secretaria de Saúde também anunciou os dois primeiros casos confirmados da variante Alpha no estado. Uma mulher de 45 anos e um homem de 22 anos apresentaram a doença entre abril e maio, no município de Caruaru, e o sequenciamento genômico realizado neste mês confirmou a cepa originária da Inglaterra como causadora da doença.

    Cepa de preocupação

     
    Nas últimas semanas, a variante Delta do coronavírus, que surgiu primeiramente na Índia em outubro de 2020, vem assustando o mundo. Países com grande parte da população vacinada, como Israel e Estados Unidos, precisaram rever as medidas de distanciamento que foram flexibilizadas para conter novos casos de infecção pela variante.

    A cepa já está presente em mais de 96 países, é predominante em alguns deles, e preocupa a Organização Mundial de Saúde (OMS). A estimativa da entidade é que, em alguns meses, a variante seja a predominante no mundo.

    Nesta semana, a Secretaria de Saúde do DF anunciou 6 casos de pacientes que foram infectados pela Delta. Também já foi notificada a presença da variante no Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro e Goiás.

    *Com informações da assessoria

    Leia mais:

    Fome atinge 2,7 milhões de amazonenses durante pandemia

    Amazonas recebe mais 156,4 mil doses de vacinas contra a Covid-19

    Anvisa autoriza estudo para avaliar eficácia de 3ª dose da AstraZeneca