Fonte: OpenWeather

    Covid-19


    Covid-19 deixa de ser a principal causa de morte no Brasil

    Com o avanço da vacinação, o número de mortes causadas pelo vírus foi superada pelas mortes por doenças cardiovasculares

     

    O Acidente Vascular Cerebral (AVC) foi o causador de 4.220 óbitos, seguido de infarto com 4.176 e causas cardíacas inespecíficas com 4.107
    O Acidente Vascular Cerebral (AVC) foi o causador de 4.220 óbitos, seguido de infarto com 4.176 e causas cardíacas inespecíficas com 4.107 | Foto: Brayan Riker

    A Associação dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen Brasil) informa que o novo coronavírus deixou de ser a principal causa de mortes no país.

    Desde a segunda quinzena de outubro as doenças cardiovasculares voltaram a ser principal razão dos óbitos dos brasileiros.

    De acordo com os cartórios de registro civil, desde o fim de abril de 2020 que a Covid-19 ocupava o topo da lista. O avanço da vacinação é a principal razão para a diminuição no número de mortes. Os dados apontam que entre 16 e 31 de outubro, 3.605 pessoas morreram em decorrência do coronavírus.

    O Acidente Vascular Cerebral (AVC) foi o causador de 4.220 óbitos, seguido de infarto com 4.176 e causas cardíacas inespecíficas com 4.107.

    O Boletim Extraordinário da Fundação Osvaldo Cruz (Fiocruz) indica que a taxa de letalidade da Covid-19 vem caindo em todo o Brasil.

    O Brasil tem 21.989.962 casos de Covid-19 e 612.144 óbitos. A taxa de letalidade da doença está em 2,8%. Veja a relação de óbitos por regiões do país:

    Sudeste – 291.174

    Nordeste – 118.642

    Sul – 96.518

    Centro-Oeste – 58.805

    Norte – 47.005

    Os dados são do Painel Coronavírus e foram atualizados na noite dessa quinta-feira (18).

    *BAHZ

    Leia mais:

    Amazonas segue em "risco baixo" para Covid-19

    Mortes no AM cresceram 31,9% durante a pandemia 

    Megavacinação contra Covid-19 acontece neste sábado (20) em Manaus