Fonte: OpenWeather

    CONSCIENTIZAÇÃO


    SES-AM realiza ações para pacientes do Programa Pé Diabético

    A ação de conscientização sobre diabetes ocorreu na Policlínica Codajás, na quinta-feira (25)

     

    O evento foi em alusão ao Dia Mundial da Diabetes, comemorado no dia 14 deste mês.
    O evento foi em alusão ao Dia Mundial da Diabetes, comemorado no dia 14 deste mês. | Foto: Islânia Lima/Policlínica Codajás

    Manaus (AM) - A Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM), por meio da Policlínica Codajás, realizou, na quinta-feira (25), ações de educação em saúde e conscientização à prevenção e controle da Diabetes para pacientes do Programa Pé Diabético.

    O evento, em parceria com a Associação Sustentabilidade, Empreendedorismo e Gestão em Saúde do Amazonas (Segeam), foi em alusão ao Dia Mundial da Diabetes, comemorado no dia 14 deste mês.

    O diretor da Policlínica Codajás, Ráiner Figueiredo, ressaltou o atendimento ambulatorial especializado realizado no programa para pessoas com lesões crônicas em decorrência das complicações da Diabetes Mellitus e de doenças vasculares periféricas.

    "

    Atender este paciente que muitas vezes chega não somente em busca de curativos, mas de amor e cuidados médicos. É imensamente satisfatório quando eles recebem estes atendimentos e saem melhor de saúde. "

    Ráiner Figueiredo, fisioterapeuta

     

      A ação contou com aferição de glicemia e pressão arterial, orientações sobre diabetes, palestra com a endocrinologista Larissa Figueiredo, depoimentos de pacientes, entrega de lanche saudável e de kits de higienização dos pés.  

    A endocrinologista palestrou sobre os cuidados com a saúde e a importância de hábitos saudáveis para ter qualidade de vida.

    "

    A família precisa abraçar a causa daquele familiar diabético e melhorar seus hábitos de vida como um todo. Irá fazer toda a diferença para que a doença não evolua para complicações tão graves. A perda da visão é a primeira causa em pessoas com a diabetes descontrolada. "

    Larissa Figueiredo, endocrinologista

     

    Segundo a supervisora do Pé Diabético, Hanna Carvalho, a equipe multidisciplinar especializada do programa está participando de um processo de certificação internacional.

    "

    Certificará o serviço de excelência, qualidade e segurança da assistência prestada. Nestes últimos meses a gente vem reorganizando a estrutura do serviço diante desses padrões. "

    Hanna Carvalho, enfermeira estomaterapeuta

     

    Em 2020, 114 pacientes receberam alta do Ambulatório de Feridas e estão sendo assistidos pelo Ambulatório de Egressos do programa na Policlínica Codajás.

    Neste ano, as altas do processo de cicatrização totalizam 148, representando a resolutividade no tratamento dos pacientes na unidade.

    O Programa Pé Diabético é executado pela SES-AM nas Policlínicas Codajás, Zeno Lanzini, José Lins e Danilo Corrêa.  

    Leia mais:

    Policlínica registra evasão de pacientes diabéticos em Manaus

    Pacientes portadores de diabetes participam de semana de atividades

    Diabetes descontrolado pode favorecer quadros mais graves da Covid-19