Fonte: OpenWeather

    RADIOTERAPIA


    FCecon ofertou radioterapia a 1,6 mil pacientes em 2021

    A Fundação possui dois aceleradores lineares novos e aparelhos de braquiterapia e cobaltoterapia

     

    Os aceleradores lineares são capazes de fazer qualquer tipo de tratamento de radioterapia
    Os aceleradores lineares são capazes de fazer qualquer tipo de tratamento de radioterapia | Foto: Jadson Souza/FCecon

    Manaus (AM) - Contando com os equipamentos mais modernos da região, a Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon) atendeu, de janeiro a novembro de 2021, 1.601 pacientes com o tratamento de radioterapia.

    A tecnologia oferecida na instituição permite tratar os tumores com mais clareza e reduzir os efeitos colaterais.

      A radioterapia é o tratamento das neoplasias malignas por radiação ionizante. Essa radiação destrói as células malignas e consegue eliminar todo e qualquer vestígio de câncer no corpo.  

    Na FCecon, os usuários contam com os equipamentos mais modernos da região.

    "

    A radioterapia é presente em muitos tipos de tratamento do câncer, independente do estádio da doença. Na Fundação Cecon, contamos com equipamentos dos mais modernos da região Norte e com alta tecnologia, capazes de oferecer tratamento de ponta, com efetividade. "

    Gerson Mourão, mastologista diretor-presidente da FCecon

     

    Parque

     

    O tratamento de braquiterapia é voltado para mulheres com câncer de colo uterino.
    O tratamento de braquiterapia é voltado para mulheres com câncer de colo uterino. | Foto: Jadson Souza/FCecon

    Atualmente, o Parque de Radioterapia da FCecon conta com dois aceleradores lineares novos, tendo um deles sido inaugurado em 2019.

    O aparelho foi adquirido em uma parceria do Governo do Amazonas com o Governo Federal, por meio do Plano de Expansão da Radioterapia no Sistema Único de Saúde (SUS), com investimento de R$ 4,7 milhões.

    Os aceleradores lineares são capazes de fazer qualquer tipo de tratamento de radioterapia, em qualquer tipo de tumor.

    "

    Os aceleradores lineares são modernos, contam com sistema de planejamento tridimensional, capazes de localizar melhor o tumor, tratar com mais clareza e diminuir os efeitos colaterais nos órgãos de risco, aqueles que não queremos tratar. São equipamentos capazes de tratar qualquer tipo de câncer, independente da localização e estádio. "

    Leandro Baldino, radioncologista chefe do serviço de Radioterapia da FCecon

     

    Os aceleradores lineares também são mais rápidos no tratamento, permitindo tratar mais pacientes em um curto período de tempo, melhorando o fluxo e reduzindo o tempo de espera.

    Tumores 

    Os tipos de câncer mais comuns no serviço de Radioterapia são os de colo uterino, mama e próstata, elencados pelo Instituto Nacional de Câncer (Inca), como os de maior frequência entre a população amazonense.

    Em 2021, são estimados pelo instituto 1.630 novos casos destes três tipos de neoplasia maligna.

    Para tratar o câncer de colo uterino, o que mais afeta as mulheres no Amazonas, a FCecon oferece o tratamento de braquiterapia. Em 2021, 284 pacientes realizaram sessões na Fundação.

    O equipamento é um tipo de radioterapia interna, em que o material radioativo é colocado dentro ou próximo à área a ser tratada.

    O equipamento de braquiterapia tem material de titânio, é computadorizado, mais leve e de fácil manuseio.

    Foi adquirido, em 2019, pelo valor de R$ 715.790,97, por meio de um convênio entre a Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM) e o Ministério da Saúde (MS).

    Além do equipamento de braquiterapia e dos dois aceleradores lineares, a população local também conta com a cobaltoterapia.

    Este tipo de radioterapia externa é usado principalmente em tratamento paliativo, cujo objetivo é o controle dos danos locais e alívio dos sintomas do câncer.

    No período de janeiro a novembro de 2021, 1.601 pacientes foram atendidos pelo serviço de Radioterapia da FCecon. Durante todo o ano de 2020, 1.568 usuários realizaram radioterapia na instituição.

    Leia mais:

    FCecon disponibiliza trabalhos científicos para consultas

    Doação de sangue ajuda a salvar vidas de pacientes com câncer no AM

    Webconferência na FCecon debaterá efeitos colaterais da radioterapia