Fonte: OpenWeather

    Realeza


    Racismo, suicídio e decepção: Meghan fala sobre a vida na realeza

    O duque e a duquesa de Sussex, Harry e Meghan Markle falaram sobre seus relacionamentos com outros membros da realeza britânica, racismo e como sua saúde mental foi prejudicada

     

    Meghan falou sobre como se sentiu solitária depois de entrar para a Família Real e a perda de sua liberdade
    Meghan falou sobre como se sentiu solitária depois de entrar para a Família Real e a perda de sua liberdade | Foto: Reprodução/CBS

    Estados Unidos - A aguardada entrevista do príncipe Harry e Meghan Markle com Oprah Winfrey foi ao ar nos Estados Unidos ontem — com o casal dando o seu lado da história sobre a vida na Família Real. 

    Uma das maiores alegações da entrevista foi que houve "várias conversas" dentro da Família Real sobre quão escura seria a pele do bebê de Meghan e Harry. "Naqueles meses, quando eu estava grávida, havia preocupações e conversas sobre o quão escura sua pele poderia ser quando ele nasceu", disse Meghan.

     

    Cor do filho Archie preocupava coroa por Meghan ser filha de mãe negra
    Cor do filho Archie preocupava coroa por Meghan ser filha de mãe negra | Foto: Getty Images

    Ela e Harry se recusaram a dizer qual membro da realeza fez a declaração. "Essa conversa, eu nunca vou compartilhar", disse Harry. "Na época foi estranho, fiquei um pouco chocado." Harry também disse que ficava magoado que sua família nunca falou sobre o "tom colonial" (em que Meghan é retratada como se fosse inferior) das manchetes e artigos da imprensa.

    Meghan disse que pensou em suicídio e não recebeu ajuda

     

    Meghan chorou ao relembrar o acontecimento
    Meghan chorou ao relembrar o acontecimento | Foto: Reprodução/CBS

    Meghan falou sobre como se sentiu solitária depois de entrar para a Família Real e a perda de sua liberdade. "Quando me juntei àquela família, foi a última vez, até virmos para cá, que vi meu passaporte, minha carteira de motorista, minhas chaves, tudo isso é entregue a eles", disse ela.Ela disse que sua saúde mental piorou tanto que "não queria mais estar viva".

    "Fui à instituição (da Família Real) e disse que precisava buscar ajuda em algum lugar, disse que nunca tinha me sentido assim e precisava ir a algum lugar, e me disseram que não poderia, que isso não seria bom para a instituição. Ela disse que se dirigiu a "uma das pessoas mais importantes" dentro da família real e depois ao departamento de Recursos Humanos do palácio. "Nunca foi feito nada", acrescentou.

    Harry se sente 'decepcionado' com Charles

     

     Em um ponto depois de voltar a ser um membro sênior da realeza, Harry disse que Charles "parou de atender minhas ligações"
    Em um ponto depois de voltar a ser um membro sênior da realeza, Harry disse que Charles "parou de atender minhas ligações" | Foto: Getty Images

    Oprah perguntou a Harry sobre seu relacionamento com sua família e especialmente com seu pai, o Príncipe de Gales, e o irmão, o Duque de Cambridge. Em um ponto depois de voltar a ser um membro sênior da realeza, Harry disse que Charles "parou de atender minhas ligações".

    "Eu me sinto muito decepcionado porque ele passou por algo semelhante, ele sabe o que é sentir dor, e Archie é seu neto. Mas, ao mesmo tempo, é claro que sempre o amarei, mas muitas mágoas surgiram. Continuarei a fazer disso uma das minhas prioridades: tentar curar esse relacionamento." Sobre William, Harry disse que o amava demais e que eles passaram juntos por um inferno. "Mas estávamos em caminhos diferentes."

    *Com informações via UOL

    Leia mais

    Rock in Rio é adiado para 2022 no Brasil e em Portugal

    Memórias marcam um mês da perda de Zezinho Corrêa

    Elas dominam todas as artes: mulheres que orgulham a cultura do AM