Fonte: OpenWeather

    Investigação


    Polícia do RJ abre investigação contra Rodolffo por racismo no BBB 21

    Conforme a polícia, foi instaurado procedimento para apurar o crime de preconceito racial. Imagens estão sendo analisadas e as investigações seguem em andamento

     

    | Foto: Divulgação

    Os comentários de cunho racista de Rodolffo, participante do "BBB 21", contra o colega de confinamento João Luiz, serão investigados pela Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância da Polícia Civil do Rio de Janeiro.

    "Foi instaurado procedimento para apurar o crime de preconceito racial. Imagens estão sendo analisadas e as investigações seguem em andamento", disse a assessoria da instituição ao UOL.

    Contatado pelo UOL, por sua vez, o Ministério Público do Rio de Janeiro informou que "não foi localizado registro de comunicação" quanto aos fatos ocorridos no reality show.

     

    | Foto: Divulgação

    Entenda o caso


    No último sábado, Rodolffo estava se trocando para cumprir o castigo do monstro, no qual ele e Caio se vestiam de homens das cavernas, e comparou a peruca da fantasia com o cabelo de João Luiz. Na ocasião, rindo, o sertanejo olhou para Caio com a peruca e disse: "Cê tá com o cabelo quase igual ao do João".

    A participante Juliette, que estava no quarto, concordou: "É um black power". João imediatamente rebateu: "Não, não é igual. É diferente". Logo depois, Juliette tentou consertar a situação: "Não é né, mas se tivesse curto e bem feitinho".

    Já no sábado, o brother se mostrou incomodado com o comentário de Rodolffo, chorando ao contar a situação para a amiga Camilla.

    Na noite de ontem, durante o jogo da discórdia do "BBB", João desabafou sobre a situação.

    "Lá dentro, no quarto, me calei, fiquei calado, mas você não sabe o quanto aquilo que você falou me machucou. Machucou muito. E não adianta você vir com o discurso que não teve a intenção, porque eu tô cansado de ouvir isso, não é só aqui dentro. É lá fora também. Nunca ninguém tem a intenção de machucar. Nunca ninguém tem a intenção de fazer as coisas com a gente."


    Outros casos de polícia


    Esta não é a primeira vez que o programa vai parar na delegacia. O documentário do UOL "BBB: Casos de Polícia" retoma todas as vezes que um participante do programa foi investigado, seja por injúria racial, intolerância religiosa ou violências de gênero. 

    *Com informações do Uol

    Leia mais:

    Neymar fala sobre polêmica entre Rodolffo e João Luiz:'chororô danado'

    BBB21: pai de Rodolffo posta foto com cabelo afro e defende filho

    Porcentagem paredão BBB21: enquete UOL aponta eliminado