Fonte: OpenWeather

    2 anos sem Gabriel Diniz


    Missa de 2 anos da morte do cantor Gabriel Diniz acontece nesta semana

    O eterno dono do hit "Jenifer" morreu no dia 27 de maio de 2019 em um grave acidente aéreo

     

    Karolina Calheiros, ex-noiva do cantor informou que haverá uma missa em homenagem ao sertanejo
    Karolina Calheiros, ex-noiva do cantor informou que haverá uma missa em homenagem ao sertanejo | Foto: Reprodução

    Parece que foi ontem quando os noticiários tentavam confirmar se no helicóptero que caiu no Povoado Porto do Mato, no município de Estância, em Sergipe, no dia 27 de maio de 2019, estava o cantor Gabriel Diniz, o dono do hit “Jenifer”.

    O que muitos temiam foi confirmado horas depois. Amigos do cantor foram até o local do acidente e reconheceram o corpo de Gabriel. Ele fretou a aeronave após fazer um show em Feira de Santana, no fim de semana. A tragédia completa 2 anos

    Karolina Calheiros, ex-noiva do cantor informou que haverá uma missa em homenagem ao sertanejo pelos dois anos de morte, em 27 de maio.

      “Mais um ano de saudades, porém mais um momento para sermos gratos e expressarmos a importância dele para nós! Deus é com nosso Gabriel. E em sua memória, convidamos todos vocês para a celebração da missa de 2 anos de saudades, que será transmitida ao vivo no Instagram @gabrieldiniz e no canal do YouTube Gabriel Diniz Oficial, devido às restrições atuais!”  

    Em suas redes sociais, Calheiros afirmou que a celebração será transmitida ao vivo no Instagram e no YouTube do cantor.

    Sobre o acidente

    O voo tinha decolado de Salvador e caiu em uma areia de difícil acesso. O comandante Virgílio, um dos responsáveis pelo resgate, disse que as equipes encontraram três corpos no local da queda. Documentos do cantor foram encontrados nos destroços da aeronave. 

    Nas redes sociais, o cantor tinha postado sua felicidade por ter se apresentado no interior da Bahia. Ele também reclamou de sentir dor de barriga e até chegou a postar vídeo enquanto recebia soro fisiológico na veia. 

    O cantor é o quarto ex-integrante da banda Cavaleiros do Forró, do Rio Grande do Norte, a morrer em tragédias.

    Antes dele, Inácio Alexandre da Silva, em 2005, e Eliza Clívia, em 2017, foram vítimas de acidentes automobilísticos. O guitarrista Edivan Paulo da Silva, morreu em 2005.

    Além de Diniz, Linaldo Xavier e Abraão Farias, pilotos e diretores do Aeroclube de Alagoas, também morreram no acidente.

    Em 2005, um acidente entre dois ônibus provocou a morte de quatro pessoas, entre eles o vocalista José Inácio e o guitarrista Edivan Paulo da Silva. 12 ano depois, Clívia morreu em acidente de trânsito em Aracaju, no Sergipe.

    Leia mais:

    Pastora afirma que Gabriel Diniz foi para o inferno e fãs reagem 

    Socialite debocha de morte de Gabriel Diniz e deseja o mesmo para Anitta