×
Sogro e genro

Sogro diz que fez ‘beijo grego’ em genro: Saiba se a prática é segura

O assunto levantado pela confusão amorosa é sinônimo de tabu, prazer e desejo

Após uma mulher de Araraquara, em São Paulo, decidir expor o próprio pai, que mantinha caso amaroso com seu namorado. O assunto domina as redes sociais desde a última terça-feira (21), contudo, um assunto levantado é sinônimo de tabu, prazer e desejo: o beijo grego. Tema voltou a repercutir após o sogro aparecer realizado ato no próprio genro.

Camila Oliveira descobriu que o marido a traía com o próprio pai e não ficou quieta. Ela foi às redes sociais e contou toda a polêmica, que viralizou rapidamente. No Facebook, a mulher fez diversas publicações contando a história e chegou a publicar vídeos íntimos dos dois.

Após a descoberta do affair entre genro e sogro, veio à tona um vídeo em que, em meio à confusão generalizada em que a filha coloca fogo no carro do marido, o pai grita para o ex-amante: “Eu chupei seu c*“, no meio da rua. Em outro registro, vizinhos aparecem tentando conter a raiva do pai da jovem, que acaba apanhando da população.

Tentando se defender, Juninho, o marido de Camila, também usou as redes sociais para dizer que mantinha o relacionamento com o sogro apenas porque estava sendo ameaçado.

Mas afinal, o que é beijo grego?

Polêmicas à parte, a verdade é que o beijo grego — que consiste em beijar o ânus da pessoa — é um dos queridinhos quando o assunto é prazer anal. O nome se popularizou porque a prática surgiu na Grécia Antiga.

O ato é prazeroso justamente por propiciar a estimulação erótica. Além disso, a região anal possui muitas terminações nervosas, o que acaba deixando essa região muito mais sensível quando estimulada.

No entanto, Tamara Zanotelli, sexóloga e terapeuta sexual, explica que a prática precisa ser feita com cuidados para que a saúde de quem dá o beijo não seja colocada em risco. Mas não se preocupe: há maneiras de curtir e se prevenir ao mesmo tempo.

Nenhum tipo de atividade sexual é 100% seguro, mas essa é uma prática que pode envolver mais problemas de saúde do que as outras. O ânus é uma região potencialmente contaminada do corpo e existem muitos microrganismos causadores de doenças que podem habitar essa região.

Entre as ameaças estão hepatites, gastroenterites, HPV (papiloma vírus), sífilis, herpes e outras IST (infecções sexualmente transmissíveis). Veja algumas dicas da sexóloga para tornar o momento tão seguro quanto prazeroso:

  • Tenha uma conversa aberta sobre as preferências da pessoa. Limites, preocupações e tudo mais o que for acontecer. Ambos precisam estar confortáveis;
  • A área anal precisa estar sempre limpa. Para esse cuidado, use água morna e sabonete suave, apropriado para as áreas intimas;
  • Folha de látex ou preservativo podem evitar muitas infecções;
  • Sempre que praticar o beijo grego, evite qualquer tipo de lesão — para não aumentar ainda mais os riscos de contaminação. O ânus é uma área muito delicada que pode facilmente ser machucada;
  • Faça testes regulares de saúde sexual.

*Com informações do site portaldolitoralpb

Leia mais:

PCC impõe lei do silêncio em bairro que viralizou com ‘beijo grego’ do sogro com genro

Casos de família: Relacionamento amoroso entre sogro e genro vai virar filme adulto

VÍDEO: ‘Ele me ameaçava de morte’, diz genro em primeiro pronunciamento sobre caso com sogro

Entre na nossa comunidade no Whatsapp!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *