×
Solução

Prefeitura do RS planeja construir cidade provisória para abrigar 10 mil pessoas

Prefeitura estuda abrigar as pessoas no bairro Porto Seco, em Porto Alegre (RS), e fornecer cinco mil barracas

Foto: Reprodução

Porto Alegre (RS) – A prefeitura de Porto Alegre planeja construir uma “cidade provisória” no bairro Porto Seco, em Porto Alegre (RS), para abrigar 10 mil pessoas na região. O bairro possui uma área pública que não foi afetada pelas enchentes do Rio Grande do Sul e identificada como ideal para reunir as pessoas. O plano foi discutido no último sábado (11). A área para ser usada seria o terreno do Complexo Cultural do Porto Seco. As informações são da Zero Hora.

A prefeitura procura, ainda, ajuda do governo federal para financiar a cidade provisória. O projeto contempla o recebimento de até cinco mil barracas, que seriam fornecidas pela Secretaria Nacional de Defesa Civil.

O plano ainda está sendo estudando e não foi tratado publicamente pela prefeitura de Porto Alegre.

A proposta será levada ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e ao governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB). A prefeitura acredita que a mobilização dos voluntários possa diminuir e que, eventualmente, os imóveis das entidades privadas emprestados para abrigos terão que ser devolvidos.

Enquanto as regiões onde as pessoas moram, como as ilhas, o Bairro Humaitá e o 4º Distrito, passam por reconstrução, a nova cidade ofereceria escolas, mercados e segurança em suas instalações para atender às necessidades da população.

*Com informações do Metrópoles

Leia mais

Artistas amazonenses se mobilizam para ajudar vítimas no Rio Grande do Sul

Mais de 80 mil pessoas estão desabrigadas no Rio Grande do Sul

Mais de 2 milhões de pessoas são afetadas pelas enchentes no Rio Grande do Sul

Entre na nossa comunidade no Whatsapp!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *