×
Temporada do Fla

Ainda há salvação para o 2022 do Flamengo?

Os torcedores do Flamengo não estão nada satisfeitos com a temporada de seu time. Onde está aquele time recheado de grandes estrelas que jogava e encantava?

Flamengo passa por má fase no futebol
Flamengo passa por má fase no futebol


Os torcedores do Flamengo não estão nada satisfeitos com a temporada de seu time neste ano
de 2022. Onde está afinal aquele time recheado de grandes estrelas que jogava e encantava o
Brasil ao entrar em campo?

Um dos grandes problemas dos torcedores rubro-negros é não enxergar que o elenco que há
quase 3 anos dava espetáculo comandado pelo português Jorge Jesus envelheceu em grande
parte.

O futebol do Flamengo hoje chega a ser lastimável, estando a apenas um ponto da zona do
rebaixamento do Campeonato Brasileiro. O rubro-negro está na 14ª colocação, com apenas 15
pontos, enquanto os dois clubes que imaginávamos serem seus grandes rivais diretos na briga
pelo título, Palmeiras e Atlético Mineiro, estão no topo da classificação.

O Palmeiras é o líder com 28 pontos e o Galo está em quarto com 21 pontos. Quem gosta de
apostas esportivas podia prever que esses dois estariam na liderança ou próxima dela logo de
cara. Você ainda quer dar seus palpites no Brasileirão? Então faça o cadastro para apostar na
betfair
e dar o seu palpite em quem levantará a taça do Brasileirão deste ano e nos jogos
rodada a rodada até o final do torneio, em novembro.


Flamengo começa muito mal

A campanha da equipe carioca no Brasileirão tem 4 vitórias, 3 empates e 6 derrotas, com um
aproveitamento de apenas 38,5% até a 13ª rodada
.
Ao que parece falta concentração à equipe
e isso não ocorre por falta de qualidade dos atletas.

O Flamengo hoje tem um dos elencos mais velhos do Campeonato Brasileiro e além dos
problemas internos, tem muitos jogadores que entram e saem de seu departamento médico.
Os problemas com o elenco só poderão ser resolvidos através de uma reformulação profunda
da equipe, o que finalmente está começando a ser feito.

Depois da fantástica era Jorge Jesus de 2019 e 2020, o Flamengo tentou vários técnicos, desde
o espanhol Domènec Torent em 2020, passando por Rogério Ceni em 2020-2021, que em
apenas oito meses conseguiu três títulos: o Campeonato Brasileiro, bicampeonato da
Supercopa do Brasil e o Campeonato Carioca.

O penúltimo técnico a assumir o time de Gávea e dispensado dias atrás foi o português Paulo
Sousa, que anteriormente estava no comando da seleção da Polônia. Uma escolha direta de
Marcos Braz e Bruno Spindel, que acabou tendo uma repercussão péssima na Polônia. Até
mesmo Robert Lewandowski se surpreendeu com a atitude tomada pelo português de
abandonar a seleção à beira de uma classificação para a Copa do Mundo.

Sousa ainda tentou colocar alguns jovens da base para dar mais velocidade à equipe, mas não
teve tempo suficiente para desenvolver o seu trabalho, que também parecia não estar caindonas graças dos jogadores. A torcida insatisfeita com os resultados pressionou e a diretoria do
Flamengo acabou encerrando o contrato.

Em seu lugar foi contratado Dorival Junior, que voltou a treinar a equipe rubro-negra pela
terceira vez, mas os resultados ainda não apareceram. No último domingo, o Flamengo não
obteve sucesso em campo e foi derrotado pelo Atlético-MG no Campeonato Brasileiro por 2 a
0 em pleno Mineirão lotado.

Renovação é urgente

Renato Gaúcho foi o treinador seguinte e ficou no comando por apenas 38 jogos, com 25
vitórias, 8 empates e 5 derrotas e um excelente aproveitamento de 72,8%.
Entretanto o clube foi eliminado pelo Athletico-PR na semifinal da Copa do Brasil de forma
vexatória e perdeu a Libertadores para o Palmeiras. Foi o motivo suficiente para a diretoria
resolver mandar embora o treinador.

A renovação do elenco é urgente já que muitos dos jogadores estão longe de render o que
rendiam. A diretoria parece ter entendido o recado e acertou uma grande contratação coma
chegada de Everton Cebolinha.

Contudo, isso não pode parar por aí: alguns jogadores como o meio-campista Diego Ribas, o
lateral Filipe Luís, o meia Éverton Ribeiro, o lateral-direito chileno Isla já estão com mais de 30
anos e não conseguem ter a consistência, agilidade e velocidade que o futebol moderno exige.

O goleiro Diego Alves também está na linha de chegada na sua trajetória no clube.
Não resta dúvida que o Flamengo está mal e precisando alterar por completo seu desempenho
neste ano, uma temporada que pelo visto está praticamente perdida, mas ainda pode tentar
uma melhora para que consiga ao menos terminar o ano em uma boa colocação no Brasileirão
e garantir a vaga para a Libertadores do ano que vem. Se nem isso conseguir, o vexame será grande.

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.