×
Amazonas

Arte educadores reúnem-se para discutir políticas públicas em benefício da arte-educação

Debates estão sendo promovidos pela Federação de Arte Educadores do Brasil (FAEB) e pela Associação Amazonense de Arte Educadores (AAMARTE)

No período de 13 a 17 de maio, profissionais do cenário da arte-educação do estado do Amazonas e do Brasil reúnem-se para discutir políticas públicas que definam diretrizes para o fortalecimento do ensino das artes e reforcem sua relevância para a formação do aluno. Além disso, a iniciativa tem como objetivo propor ideias que venham contribuir para o aperfeiçoamento do processo de aprendizagem e promover sua extensão a áreas indígenas e rurais, comunidades ribeirinhas, grupos quilombolas e demais territórios distantes dos centros urbanos.

Os debates fazem parte da programação de três grandes eventos promovidos pela Federação de Arte Educadores do Brasil (FAEB), sua representação estadual e pela Associação Amazonense de Arte Educadores (AAMARTE) e acontecem de forma híbrida no Centro de Artes da Ufam (CAUA e Centro Cultural Palácio da Justiça. A programação conta com transmissão online e as ações buscam o diálogo entre profissionais das artes, por meio de questionamentos, reflexões e compartilhamentos de experiências.

Durante o circuito de discussões estarão sendo realizados o III Seminário da FAEB, o VI EnreFAEB/NORTE e o I Seminário de Arte Educação da AAMARTE. Mesas redondas, apresentações artísticas e diálogos com instituições públicas, privadas, educadores e estudantes de todo o Brasil também estarão sendo realizados.

De acordo com Paulo Queiroz, atual presidente da AAMARTE e representante da FAEB no Amazonas, o resultado de todo circuito de conversas em prol da classe de arte educadores vem fortalecer o movimento pela arte-educação tanto no Amazonas como no Brasil. “É um momento de discutir e propor iniciativas que abram um novo horizonte para o segmento em nosso estado. Aproveitando para costurar estratégias e parcerias e colocando AAMARTE como um agente importante junto às instituições para que unidos criem um pensar diferente neste sentido para o Amazonas”, analisa o presidente, que é licenciado e bacharel em Teatro, especialista em Gestão e Produção Cultural (UEA) e Mestre em Artes pela UFAM.

Para Juliano Casimiro, presidente da Federação de Arte Educadores do Brasil (FAEB) que é pós-doutor em Educação (UNICAMP), Doutor e Mestre em Psicologia, pelo Instituto de Psicologia da USP; Bacharel em Artes Cênicas, pela UNICAMP, entre outros títulos, a ideia é que o encontro sirva para direcionar um olhar paralelo para as particularidades das regiões do país, das necessidades específicas que se apresentam, no campo do ensino da arte e ao mesmo tempo entender como essas necessidades podem contribuir e ajudar a pensar em soluções coletivas sobre questões mais problemáticas que venham a ser identificadas. “Como legislação, concursos públicos, atuação docente na educação básica e de um modo geral os avanços e necessidades mais urgentes em relação a epistemologia e metodologias do ensino arte”, avalia Juliano.

Foto: Divulgação

Sobre a FAEB

A FAEB foi criada em 1987 durante o primeiro evento que reuniu arte/educadores no Brasil em Taguatinga/Distrito Federal. Se constitui na primeira entidade civil voltada para a pesquisa e o ensino das áreas artísticas (artes visuais, música, teatro e dança), em âmbito nacional, congregando Associações e uma rede de Representantes Estaduais em todas as regiões do país, vinculados/as às redes de Educação Municipal, Estadual, Universidades e Institutos Federais, além de professores que atuam em contextos de educação não formal.

Sobre AAMARTE

Fundada em 2022 e associada à FAEB, a AAMARTE é o órgão representativo de profissionais da Arte Educação no âmbito do estado do Amazonas. Composta por associados de vanguarda e recém-formados, a AAMARTE é fruto de uma longa jornada de lutas, reivindicações e articulações que resultaram em uma categoria organizada juridicamente em prol da arte educação. A Associação concretiza, com a constituição de Pessoa Jurídica, a necessidade de um órgão representativo da classe que passa a atuar em defesa de seus interesses e das pautas comuns para os artes-educadores de todo o Brasil.

As inscrições para os eventos podem ser feitas pela plataforma Even no endereço: https://www.even3.com.br/seminario-de-arte-educacao-do-amazonas-456189/. A programação e horários estão disponíveis na plataforma e pelo instagram: @aamartemazonas.

*Com informações da assessoria

Leia mais:

Cavalo Caramelo supera desidratação e precisa recuperar 50 kg

Brasileiros encaram tecnologia como aliada no trabalho, mostra pesquisa

Parintins Moquém Festival promete imersão na cultura e sabores da Amazônia

Entre na nossa comunidade no Whatsapp!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *