×
EDUCAÇÃO ESPECIAL

1º curso de Formação em Educação Especial e Autismo acontece em Manaus

O curso foi ministrado pela professora e doutora Caroline Kwee, consultora em Educação Especial e diretora da Associação Sensu Speciale no Amazonas

Foto: Eliton Santos / Semed

Manaus (AM)-Prefeitura de Manaus iniciou nesta segunda-feira (16), o curso de Formação em Educação Especial e Autismo para assessores da modalidade que atuam em escolas da Secretaria Municipal de Educação (Semed). A ação segue até sexta-feira (20).

O primeiro dia de estudos ocorreu no auditório da Semed, zona Centro-Sul, e os demais serão na Universidade do Estado do Amazonas (UEA) de Tecnologia, na avenida Darcy Vargas, zona Sul da capital. 

A formação é promovida pela Gerência de Educação Especial (GEE) da Semed com o objetivo de proporcionar melhores condições ao ensino inclusivo aos profissionais que atuam na área. Somente a capacitação especializada pode obter resultados que efetivem possibilidades de aprendizagem aos alunos com deficiência.

A secretária municipal de Educação, professora Dulce Almeida, participou do encontro e destacou a preocupação que ela, como mãe, professora, avó e, principalmente, como cidadã, tem com a educação especial.

“Esse momento de aprendizagem é de suma importância e eu espero que vocês aproveitem ao máximo e levem todos os conhecimentos adquiridos aqui aos professores e mediadores. Trabalhar com a educação especial não é algo fácil e eu admiro demais quem escolheu se dedicar a essas crianças”, declarou a secretária.

O curso foi ministrado pela professora e doutora Caroline Kwee, consultora em Educação Especial e diretora da Associação Sensu Speciale no Amazonas, que falou sobre o aluno com transtorno do espectro autista (TEA) e deficiência intelectual (DI), as etiologias, conceitos, características e diagnóstico.

“O poder de vontade da secretária Dulce é impressionante, em um momento de conversa, ela me convidou para ter esse momento com as professoras, na mesma hora minha cabeça encheu de ideias. Eu também tenho um filho de 30 anos que é autista e isso me deixa com mais bagagem para conversar e passar minhas experiências. Estou muito animada com esse encontro e espero contribuir bastante para que todos saiam daqui com muita vontade de fazer pelos alunos”, disse Caroline.

Os assessores repassarão todas as informações aos professores e mediadores que lidam diretamente com os alunos. “É com muita alegria que recebemos essa primeira capacitação, agradecemos muito o apoio recebido do prefeito David Almeida e da secretária, porque daqui vamos também capacitar os professores e os mediadores nas escolas e a experiência da Caroline é fundamental para isso”, completou a gerente da GEE, Francemary Maia de Lima.

*Com informações da assessoria

Edição Web: Bruna Oliveira

Leia mais:

Receita Federal alerta para golpe na restituição do Imposto de Renda

Trabalhadores nascidos em maio podem sacar até R$ 1 mil no FGTS

Procon-AM multa Amazonas Energia em R$ 2,5 milhões por queda de energia em Tabatinga

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.