×
Manifestação

Indígenas protestam contra Bolsonaro e pedem justiça por Bruno Pereira e Dom Phillips

"Bolsonaro, queremos justiça pelo indigenista Bruno e pelo jornalista Dom" e "O povo kanamari resiste", eram as frases que estampavam as faixas

Integrantes de vários povos indígenas foram às ruas, nesta segunda-feira (13), no município de Atalaia do Norte, nesta segunda-feira, no interior do Amazonas, em protesto contra o governo Jair Bolsonaro, contra as invasões à terra indígena e por justiça pelo indigenista Bruno Pereira e pelo jornalista Dom Phillips, desaparecidos desde o dia 5 deste mês.

A manifestação foi organizada pela Univaja (União dos Povos Indígenas do Vale do Javari), que representa sete etnias e defende os indígenas isolados que estão no território.

O protesto foi contra o governo Bolsonaro, contra a falta de fiscalização da atuação de invasores e uma forma de manifestação da indignação com o desaparecimento de Pereira e Phillips.

O indigenista é servidor licenciado da Funai (Fundação Nacional do Índio) e atuava pela Univaja em defesa da terra indígena.

Uma das suspeitas da PF é de que o desaparecimento esteja relacionado à atuação de pescadores ilegais na região. O único suspeito preso, Amarildo Oliveira, o Pelado, é um morador da comunidade São Gabriel. O local onde foram encontrados os pertences do indigenista e do jornalista fica próximo à comunidade, onde vivem pescadores e pequenos agricultores.

“Bolsonaro, queremos justiça pelo indigenista Bruno e pelo jornalista Dom” e “O povo kanamari resiste”, eram algumas das frases que estampavam as faixas.

Ao final do protesto, lideranças indígenas discursaram na praça central da cidade. Eles também pedem celeridade nas investigações pelo desaparecimento de Bruno e Dom.

Possível corpo encontrado

Nesta segunda-feira (13), a mulher de Dom Philips, Alessandra Sampaio, disse que os corpos do jornalista inglês tinham sido encontrados. A informação foi confirmada ao jornalista André Trigueiro, do O Globo. Entretanto, a Polícia Federal não confirmou a informação e disse que as buscas continuam.

Leia mais:

Corpos de jornalista e indigenista estavam amarrados em árvore, diz embaixador

Após declaração de mulher de jornalista, PF diz que corpos ainda não foram encontrados no AM

Corpos de jornalista e indigenista são encontrados no AM, confirma mulher de Dom Phillips

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.