×
Novas UBSs

Prefeitura determina construção de três novas UBSs na Zona Norte da capital

Evento de anúncio da assinatura de ordem de construção contou com a presença da titular da Semsa, Shádia Fraxe

Assinatura da ordem de construção foi realizada nesta quinta-feira (3) pelo prefeito David Almeida. Foto: Divulgação/Semcom

Manaus (AM) – A Zona Norte vai ganhar novas estruturas para reforçarem a Atenção Básica. Nesta quinta-feira (3), o prefeito de Manaus, David Almeida, assinou ordem de serviço para a construção de três novas Unidades Básicas de Saúde (UBSs), de porte 4, no conjunto Viver Melhor 3, Lago Azul, e nos bairros Novo Aleixo e Cidade de Deus, todos na Zona Norte.

As novas unidades são as primeiras de dez UBSs planejadas para serem construídas pela gestão municipal em 2022, para que Manaus siga como a cidade brasileira com a melhor cobertura básica de saúde nos índices do “Previne Brasil”, modelo do Ministério da Saúde, que avalia o desempenho e a qualidade dos serviços oferecidos aos usuários, para fins de financiamento das ações de saúde.

“Temos os recursos para construir dez unidades e já estamos dando a ordem de serviço em três, porque estamos buscando novos terrenos para construir as demais. Então, se com essa equipe que temos da Semsa (Secretaria Municipal de Saúde), com a estrutura que temos que é deficitária, nós já alcançamos o primeiro lugar em qualidade, quando nós estivermos com as nossas UBSs de porte 4, todas elas instaladas, com os servidores aprovados no concurso público já atuando, vamos conseguir ampliar esse atendimento. Vamos ter uma saúde ainda melhor para a nossa população”, enfatizou Almeida.

Com prazo de entrega previsto para dezembro de 2022, cada unidade terá a capacidade de atender 1,2 mil pessoas por dia. O valor da obra está calculado em R$ 4,2 milhões. De acordo com o chefe do Executivo municipal, investimentos como esses serão comuns em 2022, visto que o repasse do Ministério da Saúde para Manaus será maior, devido a classificação histórica no Previne Brasil.

“O Previne Brasil é o modelo de financiamento do Ministério da Saúde que mede a qualidade dos serviços de Atenção Básica em todo o Brasil. O Ministério da Saúde visita todas as capitais e também recebe as informações, via sistemas.  Eles conferem metas, resultados, para poder remunerar as capitais e todas as cidades brasileiras. Vamos receber neste ano 98,5% do que Manaus tem direito. Quando nós assumimos, Manaus recebia um pouco mais de 50%. Em apenas um ano, nós praticamente dobramos e vamos receber muito próximo do teto máximo desses recursos, que vem do Ministério da Saúde. Isso alivia o nosso caixa do tesouro, para que a gente possa fazer mais investimentos”, informou o prefeito.

Estrutura

Com um padrão definido pelo governo federal, as UBSs de porte 4 têm em torno de mil metros quadrados, com dois pavimentos, divididos em ambientes que incluem recepção, sala de espera, Espaço Saúde, salas para acolhimento, preparo, vacinas, coleta, curativos, inalação e espaço para a dispensação de medicamentos com consultório farmacêutico.

As estruturas também contam com oito consultórios médicos e quatro odontológicos, “escovódromo”, espaço multifuncional e para Agentes Comunitários de Saúde (ACS), administração e gerência.

Ampliação

Com mais de 10 mil pessoas residindo no conjunto Viver Melhor 3, o prefeito David Almeida anunciou que após a construção da nova UBS no local, a antiga unidade de saúde que atendia a população, a José Figliuolo, será transformada em um Centro de Referência de Assistência Social (Cras).

Para a titular da Semsa, Shádia Fraxe, a ampliação da rede de atendimento no conjunto garante uma melhor qualidade de vida e segurança aos moradores, visto que a antiga estrutura estava defasada.

“Estou muito feliz com esse momento. É uma honra enorme trabalhar ao lado de um prefeito que não é um prefeito só de assinar papéis, mas um prefeito de ação. Hoje, a gente está tendo a oportunidade de dar início aos projetos que estavam previstos e esse é o compromisso da gestão desde o início. Vamos avançar na saúde da nossa cidade, construindo mais UBSs, dando um atendimento de qualidade, dignidade para a população que vive aqui e as demais comunidades, que logo mais serão contempladas”, concluiu.

*Com informações da assessoria

Leia mais

Vazante? Nível do Rio Negro desce 58 centímetros nas últimas duas semanas

TCE revoga medida cautelar e mantém provas do concurso público da PM

Em vídeo, moradores do bairro Cidade Nova 1 denunciam Amazonas Energia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.