×
HAWK Innovation Center

Primeiro centro de inovação da região Norte será implantado este ano em Manaus

O Centro de Inovação será construído no Distrito Industrial, no mesmo complexo tecnológico que abriga a FPFtech

Manaus (AM) — O HAWK Innovation Center, o primeiro centro de inovação da região Norte com investimento da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), será implantado em Manaus ainda este ano. Localizado no Distrito Industrial, na Fundação Desembargador Paulo Feitoza (FPFtech), o centro anunciado nesta quinta-feira (11) pretende ser um catalisador de inovação e um ponto de partida para startups que desejam enfrentar desafios reais com soluções inovadoras na Amazônia.

Com foco em identificar oportunidades em setores estratégicos, o HAWK Innovation Center incentivará a criação e o crescimento de startups e empreendimentos inovadores que possam contribuir para o desenvolvimento econômico e social da região. Além disso, uma das missões do HAWK será promover inovação em soluções de TIC para melhorar a conectividade, infraestrutura digital e acesso à informação na região.

“O HAWK será um ambiente de inovação que vai promover a conexão com todo o nosso ecossistema. Quando pensamos em ter esse tipo de ambiente na região Norte, a gente está pensando também em um local onde os empreendedores possam começar novos negócios, um local que consiga abrigar startups voltadas para a Amazônia, e que gere mais empregos. Pensamos no Centro como um espaço que vai estar conectando os empreendedores, as startups, as indústrias do Polo industrial de Manaus, as universidades e toda a sociedade de modo geral”,

ressaltou o CEO da FPFtech, Luís Braga.

Além de oferecer ainda mais oportunidades para startups da região e soluções tecnológicas para a indústria local, um dos pilares da atuação do HAWK será a exploração de oportunidades na economia baseada em recursos naturais da Amazônia, como biotecnologia, produtos farmacêuticos, alimentos sustentáveis e outros serviços relacionados à biodiversidade, incluindo alternativas inovadoras que impulsionam a produtividade e a sustentabilidade na agricultura. Outra área que deve ser contemplada é a educação, com capacitação profissional e o desenvolvimento de habilidades de talentos da região.

HAWK Innovation Center será o primeiro centro de inovação da região Norte Foto: Divulgação

Segundo o Head de inovação e empreendedorismo da FPFtech, Alexandre Amorim, uma das metas do Centro é expandir ainda mais a presença e a relevância de negócios inovadores não só no Brasil, mas também em mercados internacionais.

“O HAWK vai ofertar uma série de serviços que vai potencializar a geração de novos negócios, atrair startups para resolver problemas de grandes indústrias, de grandes empresas. O HAWK vai promover uma série de conexões estratégicas para os empreendedores, em um ambiente realmente inovador, um ambiente diferenciado para a geração e aceleração de negócios”,

completou Amorim.

Centro em movimento

Além de identificar oportunidades, o HAWK Innovation Center está se estruturando para ser um espaço dinâmico onde a inovação prospera. Será um ponto de encontro, onde as pessoas se reúnem para fazer negócios, criar oportunidades e colaborar mutuamente. Um polo de densidade e conexões, onde a interação entre empreendedores, empresas e investidores se torna um catalisador para a inovação.

Coordenador da incubadora tecnológica da FPFtech, a WIT, Rafael Teodósio adianta que o Centro será um promotor de colisões, incentivando ideias criativas que surgem das interações entre clientes, empresas e empreendedores. O HAWK Innovation Center também servirá como uma vitrine para startups, expondo-as ao mercado de forma natural e orgânica, permitindo que elas ganhem visibilidade e alcance. As startups terão oportunidades espontâneas de negócios, já que o Centro será frequentado diariamente por centenas de pessoas do ecossistema de inovação.

Para Waldenir Vieira, superintendente adjunto de planejamento e desenvolvimento tecnológico da Suframa (Superintendência da Zona Franca de Manaus), esse tipo de iniciativa pode ajudar a desenvolver a nossa região.

“A FPFtech está aqui há mais de 25 anos e o que temos visto é um trabalho árduo e sério na área de inovação. A criação desse centro de inovação é muito produtiva, porque junta todos os atores no mesmo local, a academia, empreendedores, criando novos negócios”,

afirmou Vieira.

*Com informações da assessoria

Leia mais:

Especialista em RH indica perfil de liderança mais procurado pelas empresas

Escola de negócios abre inscrições para curso de gestão de portfólio de projetos de inovação, em Manaus

Manaus recebe intercâmbio gastronômico de povos originários entre Brasil e EUA

Entre na nossa comunidade no Whatsapp!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *