×
Editorial

O que esperam os eleitores

Cumpridas as convenções, candidatos ao Governo Estadual, à Assembleia Legislativa e ao Congresso Nacional vão cair em campo na caça aos votos necessários para alcançarem seus intentos

Foto: Divulgação

Realizadas as convenções partidárias, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM) dará início a mais uma campanha política no Estado do Amazonas. Cumpridas as convenções, candidatos ao Governo Estadual, à Assembleia Legislativa e ao Congresso Nacional vão cair em campo na caça aos votos necessários para alcançarem seus intentos.

Exércitos de cabos eleitorais tomarão avenidas, ruas e praças da cidade de Manaus e de municípios do Estado, correndo atrás de um contingente estimado em 2.647.748 de eleitores, um contingente que cresceu 9,5% em relação a 2018, conforme números divulgados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Ao contingente de eleitores certamente não importa apenas o espetáculo das urnas, mas ter acesso aos programas, ideias e propostas de partidos e candidatos. Trata-se de um mister de toda uma população de cidadãos que quer saber o que o governador reeleito, ou novo governador, juntamente com os parlamentares consagrados nas urnas, poderão fazer em relação a demandas compreendendo saúde, educação, segurança pública, economia, infraestrutura, meio ambiente, empregos, BR-319, Amazônia e alternativas ao modelo Zona Franca de Manaus.

Ainda em tempos de pandemia e de uma economia nacional que não consegue inspirar confiança em ninguém, os eleitores exigem respostas práticas para desafios que insistem em se repetir. Apesar de alguns bons avanços, os eleitores esperam que seus representantes façam mais para que 2023 seja, de fato, um ano de quebrar paradigmas e pisar no acelerador do progresso.

Leia mais:

Convenções do União Brasil e Avante oficializarão chapa Wilson Lima/Tadeu

O Sul do Amazonas

Ciro Gomes e a ZFM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.