×
Ação de saúde

Ação de saúde contra tuberculose é realizada em comunidade rural do AM

A programação contou com atividades educativas sobre sintomas da tuberculose e a oferta de exame de escarro para diagnóstico da doença

Manaus (AM)- Para marcar o Dia Mundial de Combate à Tuberculose, foi realizado nesta quinta-feira (24), data alusiva à doença, uma ação integrada na comunidade Nossa Senhora de Fátima, localizada à margem esquerda do rio Negro (zona rural fluvial).

A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), realizou o projeto na escola municipal José Sobreira do Nascimento e na Unidade Básica de Saúde Rural (UBSR) Nossa Senhora de Fátima, das 8h às 12h.

A programação contou com atividades educativas sobre sintomas da tuberculose e a oferta de exame de escarro para diagnóstico da doença, além de serviços como coleta de exame preventivo para a detecção do câncer de colo de útero, realização de exame de pele em busca ativa de casos de hanseníase, vacinação de rotina, oficina de orientação sobre alimentação saudável e saúde bucal, e ações de educação e promoção à saúde (meditação e auriculoterapia).

Na ocasião, a secretária municipal de Saúde, Shádia Fraxe, destacou a importância da realização de uma ação integrada da Prefeitura de Manaus, para alertar sobre o combate à tuberculose, aproximando ainda mais os serviços de saúde da população.

“Ações como essa, realizada na comunidade Nossa Senhora de Fátima, são importantes para uma maior aproximação com as comunidades, fazendo a busca ativa de casos suspeitos, orientando sobre os sintomas da tuberculose, sobre como ocorre a transmissão da doença e quando é necessário procurar uma unidade de saúde. A tuberculose tem tratamento e tem cura, e a rede municipal de saúde realiza, na rotina de serviço das UBSs, a busca ativa de casos suspeitos. Mas, cada pessoa deve ficar atenta aos sintomas para realizar os exames, ter um diagnóstico e concluir o tratamento, o que vai interromper a cadeia de transmissão”, afirmou Shádia.

Doença infecciosa e transmissível, a tuberculose é causada pela micobactéria Mycobacterium tuberculosis ou bacilo de Koch, que afeta prioritariamente os pulmões.

O principal sintoma é a tosse e por isso a recomendação é para que pessoas com tosse por duas semanas ou mais sejam examinadas, procurando uma das unidades de saúde da rede municipal para a realização de exames.

A transmissão ocorre quando, ao falar, espirrar e, principalmente, ao tossir, as pessoas com tuberculose ativa, ainda sem tratamento, lançam no ar partículas em forma de aerossóis que contêm bacilos, podendo transmitir a doença para outras pessoas.

Casos

O município de Manaus registrou no ano passado 2.316 casos novos de tuberculose, com aumento de 11,6% em relação a 2020, quando foram registrados 2.075 diagnósticos positivos. Os dados de 2021 ainda apresentam redução em relação às ocorrências de 2019, ano em que houve registro de 2.344 casos. Este ano, Manaus já registrou 355 casos novos.

*Com informações da assessoria

Edição Web: Bruna Oliveira

Fotos – Camila Batista / Semsa

Leia mais:

Mortes por tuberculose aumentam no Brasil e mundo

Campanha de combate à tuberculose inicia em Manacapuru

Casos de tuberculose aumentam 12% no Amazonas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.