×
Avaliação

Avaliação de aprendizagem começa a ser aplicada no interior do AM

Em Novo Airão, mais de 500 estudantes vão fazer exame

estudantes da rede estadual
Nos 61 municípios, são 61.874 alunos aptos para o exame. - Arquivo pessoal

Novo Airão (AM) – Com objetivo de medir o grau de aprendizagem dos estudantes da rede estadual de ensino, a Secretaria de Estado de Educação e Desporto começou, nesta terça-feira (10), a aplicação da Avaliação de Verificação de Aprendizagem do Amazonas (Avam), no interior do Amazonas. Ao todo, 378 escolas e anexos dos municípios aplicarão as provas.

Em Novo Airão (a 115 quilômetros de Manaus), os 517 estudantes que cursam o 2º, 4º e 8º anos do Ensino Fundamental e a 2ª série do Ensino Médio estão sendo avaliados. Nos 61 municípios, são 61.874 alunos aptos para o exame.

A coordenadora regional de Novo Airão, Neliany Castro, ressalta que as expectativas para verificar o aprendizado dos alunos são positivas.

Todas as escolas estaduais de Novo Airão vêm se dedicando em todos os sentidos, a fim de que os alunos tenham uma aprendizagem de excelência e, com isso, tenham um grande em suas respectivas avaliações”, frisa a coordenadora.

Neliany explicou que as escolas trabalharam em uma campanha em conjunto com os pais, enfatizando a importância da avaliação, assim evitando que os alunos faltassem ao exame.

Além disso, os professores trabalharam com os alunos em sala de aula principalmente assuntos que pudessem ser cobrados como conteúdos da Avam.

Avam

Criada em 2020, durante o retorno das atividades presenciais da rede estadual de ensino na pandemia, a Avam é um mecanismo para medir o aprendizado dos estudantes no primeiro bimestre de aulas e, a partir do resultado, traçar estratégias de recuperação de aprendizagem dos alunos junto às unidades de ensino, caso necessário.

*Com informações da Agência Amazonas

Edição Web: Bruna Oliveira

Leia mais:

Prefeitura de Manaus realiza primeira avaliação do programa Brasil na Escola

Wilson Lima destaca avanços na educação do Amazonas

Mães educadoras falam de suas experiências com a maternidade e a profissão

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.