×
Contexto

Agora, Guedes arma golpe contra o polo de informática da ZFM

Empresários do polo de informática veem a nova urdidura de Paulo Guedes como mais uma ameaça a um forte setor do PIM

Foto: Divulgação

Até o próximo dia 26, audiências públicas determinarão a base para que Paulo Guedes decrete a mudança de critérios referentes a aplicação de recursos em pesquisa e desenvolvimento (P&D) no polo de bens de informática da ZFM.

“A consulta pública em andamento traz limitações ao uso da verba de Pesquisa e Desenvolvimento na região, pois tenta estabelecer critérios com grau de exigências que dificultam a concessão da chancela do estado na aplicabilidade dos recursos de P&D oriundo das empresas produtoras de bens de informática e que são destinados ao desenvolvimento tecnológico das empresas instaladas na ZFM”, comenta o vice-presidente da FIEAM, Nelson Azevedo.

Pesquisas que trazem ideias e conceitos “disruptivos” ou inéditos no conhecimento só acontecem quando os institutos públicos e privados se encontram em um estágio de maturidade elevado, e os institutos locais estão na fase de evolução, esclarece o líder empresarial.

Riscos à vista

Caso as restrições se concretizem, diz Nelson Azevedo, haverá riscos ao desenvolvimento da biotecnologia e bioeconomia amazônica, pois os recursos gerados serão reprisados e, para cumprir a Lei, as empresas serão forçadas a recolher os valores aos cofres públicos federais.

Além do desestímulo para as empresas permanecerem instaladas na ZFM, pois não poderão aplicar os recursos para melhorar o ecossistema tecnológico, a região ficará sem poder aplicá-los em favor do desenvolvimento regional.

Empresários do polo de informática veem a nova urdidura de Paulo Guedes como mais uma ameaça a um forte setor do PIM responsável por 8 mil empregos diretos e que em 2021 faturou R$ 31,88 bilhões fabricando celulares, tablets, microcomputadores e peças em Manaus.

Manaus, adeus

Em nota, a presidente do Conselho do Polo Digital de Manaus, Vânia Thaumaturgo, manifestou indignação com o novo golpe articulado por Paulo Guedes para desestabilizar o modelo ZFM.

“As empresas, que hoje representam 32% do faturamento do Polo Industrial de Manaus, deixarão de produzir e investir na ZFM, pois podem facilmente migrar para outras regiões do país e para outros países, impactando em empregos na indústria, nos institutos públicos e privados”, afirma a nota.

Vânia considera importante que o assunto seja debatido em audiência pública na Câmara dos Deputados.

Assassinados

Em Atalaia do Norte, os irmãos Amarildo Oliveira da Costa, o Pelado, e Oseney da Costa de Oliveira confessaram à Polícia Federal terem participado do assassinato do indigenista Bruno Pereira e do jornalista britânico Dom Philips por causa de denúncias feitas por eles sobre pesca ilegal na Terra Indígena Vale do Javari.

Os corpos foram esquartejados e incinerados, de acordo com os assassinos.

Javari abandonado

Extensa reportagem do jornal Folha de São Paulo denuncia a lamentável situação de abandono a que o Governo Federal relegou a Terra Indígena Vale do Javari, no Amazonas, onde o Bruno Pereira e Dom Philips desapareceram.

Segundo a Folha, os conflitos na região se acirraram com o desmonte do PAE (Projeto de Assentamento Agroextrativista) Lago de São Rafael, criado em 2011 para assentar 200 famílias ribeirinhas, e do plano de manejo do pirarucu.

O quadro agora é de verdadeira guerra entre os indígenas e agentes do crime organizado que ganham fortunas tirando proveito da pesca ilegal na região.

Ataques à Funai

Conforme a Folha, a Univaja (União dos Povos Indígenas do Vale do Javari), com quem Bruno Pereira colaborava, relata ataques de pescadores ilegais à sede da Funai no Javari devido a resistência desta à captura de espécies como pirarucu e tracajá.

O próprio prefeito de Atalaia do Norte,

Denis Paiva, segundo a Folha, admite o quadro de abandono do Javari, sem nenhum servidor do Incra para resolver conflitos fundiários e tampouco fiscais do Ibama para combater a pesca ilegal e os crimes ambientais.

“Colombiano”

Um dos mais poderosos traficantes de cocaína da tríplice fronteira, conhecido como “Colombiano”, pode ser o maior responsável pelo desaparecimento de Bruno e Philips nas matas do extremo oeste do Amazonas.

A Polícia Federal intensifica investigações acerca do traficante que teria contratado Amarildo da Costa de Oliveira, o Pelado, para executar os desaparecidos que o incomodavam devidos suas fortes denúncias contra crimes cometidos no Javari.

Wilson em Parintins

No clima que antecede a realização de mais um festival dos bumbás Garantido e Caprichoso, o governador Wilson Lima (UB) cumpriu ontem extensa agenda em Parintins.

Na Serra da Valéria, ele anunciou obras que vão melhorar a infraestrutura direcionada ao incremento do turismo internacional na área.

Na Vila Amazônia, o governador prestigiou um mutirão de serviços médicos e sociais promovidos pelo programa Governo Presente.

Padre Colombo

Na tarde de ontem, Wilson Lima visitou o Hospital Padre Colombo e os galpões dos bois Caprichoso e Garantido na cidade de Parintins.

Também prestigiou a inauguração de uma escola estadual e de laboratórios tecnológicos educacionais na sede municipal, onde, igualmente, inaugurou o novo sistema de iluminação pública em LED de Parintins e anunciou um novo pacote de investimentos no município.

Parceria com a PRF

O prefeito de Manaus, David Almeida, assinou ontem, no Casarão da Inovação Cassina, um Acordo de Cooperação Técnica com a Polícia Rodoviária Federal.

A cooperação visa o compartilhamento de dados e informações, a partir de uma atuação integrada, beneficiando diversos serviços do município, como segurança e trânsito.

Para David, o acordo vai trazer melhorias para a gestão municipal e os sistemas de controle de ocorrências e identificação, reforçando a prevenção, ao se antecipar aos problemas, com a tecnologia da PRF.

Suhab esclarece

A Superintendência Estadual de Habitação (Suhab) informa que não existe nenhum agendamento para entrega de unidades habitacionais, na sede da Suhab, na próxima segunda-feira (20).

A Suhab esclarece ainda, que o áudio que circula por meio de grupos de whatsapp, convocando pessoas para entrega de casas, nada tem a ver com a Suhab.

O órgão informa que fez um boletim de ocorrência para assegurar que é inverídica tal informação.

3 mi na economia

O presidente da Câmara Municipal de Manaus, David Reis (Avante), antecipou o pagamento de 50% do 13º salário dos servidores da Casa legislativa para o próximo dia 30 de junho.

A antecipação, que alcançará 2 mil servidores, vai injetar mais de R$ 3 milhões na economia da capital do do Estado, destaca Reis.

PEC ilegal

A PEC (Proposta de Emenda à Constituição), com que o Centrão pretende derrubar decisões do Supremo Tribunal Federal, não deve avançar no Congresso Nacional por ser inconstitucional.

A afirmação é do deputado estadual Serafim Corrêa (PSB), para quem a PEC “não avança”. Conforme ele, “não se pode alterar, modificar as atribuições dos poderes. Nenhuma cláusula pétrea pode ser modificada”.

Estados falidos

O presidente da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski, classificou de “populismo de baixo nível” o comportamento da Câmara dos Deputados ao aprovar o projeto que fixa um teto para o ICMS dos combustíveis, energia elétrica, telecomunicações e transporte público.

Para ZiulKoski, o projeto é um dos maiores golpes na Federação brasileira por derrubar as modificações negociadas pelos senadores para o acionamento do gatilho de compensação de perdas pela União e a correção pelo IPCA.

O projeto decreta a falência financeira dos estados, afirma ZiulKoski.

Doação de sangue

Acerca do Dia Mundial do Doador de Sangue, comemorado na última terça-feira (14), a deputada Dra. Mayara Pinheiro (Republicanos) destacou a campanha que incentiva a doação e a captação de novos doadores em todo o Amazonas.

Para fortalecer a campanha, a deputada ressalta a Lei n°5.152/202, de sua autoria, que garante o direito à meia-entrada para doadores de sangue em eventos culturais e esportivos no Estado.

Leia mais:

‘Começou a descer’, diz Guedes sobre inflação de maio

Marcelo Ramos critica ausência de Paulo Guedes em audiência sobre ZFM: ‘pior ministro da história’

Paulo Guedes destila ódio contra a ZFM e parlamentares reagem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.