×
novo presidente

Ex-guerrilheiro vence eleição na Colômbia e será primeiro presidente de esquerda do país

Ex-combatente do grupo armado M-19, atuante durante a década de 1980, ele se torna o primeiro presidente de esquerda do país

Colômbia – O senador e ex-prefeito de Bogotá Gustavo Petro foi eleito neste domingo (19) presidente da Colômbia.

Ex-combatente do grupo armado M-19, atuante durante a década de 1980, ele se torna o primeiro presidente de esquerda do país.

Petro conquistou 50,47% dos votos válidos, batendo o candidato “outsider” Rodolfo Hernández, que havia surpreendido ao conquistar o segundo lugar no primeiro turno, realizado em 29 de maio.

Esta é a terceira vez que Petro, um economista de 62 anos, tenta chegar à presidência do país.

“Hoje é dia de festa para o povo. Que festeje a primeira vitória popular. Que tantos sofrimentos sejam amortecidos pela alegria que inunda o coração da pátria. Esta vitória é para Deus e para o povo e sua história. Hoje é o dia das ruas e das praças”, escreveu o presidente eleito Twitter.

Petro já havia alcançado votação expressiva no primeiro turno – 8,5 milhões, 40,34% do total de votos válidos, percentual histórico para um candidato de esquerda.

Com ele, também foi eleita a primeira vice-presidente negra do país, Francia Márquez.

Gustavo Petro e Francia Márquez
Petro e Márquez: ex-empregada doméstica, vice é advogada e ativista pelo meio ambiente Foto: GETTY IMAGES

Em um vídeo divulgado em suas redes sociais na noite de domingo, o rival, Rodolfo Hernández, que concorreu de forma independente e sem ligação com partidos, reconheceu a derrota.

“Aceito o resultado, como deve ser se queremos que nossas instituições sejam sólidas”, declarou.

“Desejo ao doutor Gustavo Petro que saiba conduzir o país, que seja fiel ao seu discurso contra a corrupção e que não decepcione aqueles que confiaram nele”, completou. Com 77 anos, Hernández foi prefeito da cidade de Bucaramanga e, durante a campanha, chegou a ser comparado com uma espécie de “Trump colombiano” por analistas.

*Com informações da BBC

Leia mais:

PSOL reúne com partidos da esquerda para debater eleições no AM

Amil confirma participação nas prévias do PSOL para candidato ao Governo do AM

Lula recua para 44% e Bolsonaro continua com 32% em pesquisa FSB/BTG

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.