×
Curiosidade

Namoradas que podem ser irmãs testam DNA e se negam a ‘dar um tempo’

"Foi muito para nós processarmos, mas como não sabemos ao certo, não colocamos nosso relacionamento em espera", afirmaram elas, que são de Ontário, no Canadá.

Foto: Reprodução/ Redes Sociais
Carley e Mercedes descobriram aleatoriamente que podem ser irmãs. Foto: Reprodução/ Redes sociais

Canadá – Um casal de namoradas viralizou nas redes sociais nos últimos dias após compartilhar que podem ter o mesmo pai. Nesta semana elas finalmente fizeram o teste de DNA. No entanto, elas não pretendem se desgrudar até saber o resultado.

Em entrevista ao Daily Star, Carley e Mercedes disseram que, apesar da possibilidade de serem irmãs, o relacionamento amoroso não vai ficar “em espera”. “Foi muito para nós processarmos, mas como não sabemos ao certo, não colocamos nosso relacionamento em espera”, afirmaram elas, que são de Ontário, no Canadá.

Os kits de teste de DNA foram enviados há menos de uma semana para um laboratório e custaram cerca de US$ 300 (cerca de R$ 1,6 mil). A expectativa é que o resultado saia entre duas a seis semanas. As duas compartilharam o processo do exame com os seguidores.

Carley e Mercedes disseram que namoram há dois anos. Elas se conheceram em um bar e engataram o romance logo em seguida. As duas ganharam notoriedade após apostarem nas redes sociais durante a pandemia. A primeira plataforma foi o OnlyFans, no início da pandemia, onde decidiram ganhar dinheiro mostrando o lado “mais íntimo” da relação.

Na sequência, foi a vez do TikTok, plataforma em que mostram a rotina do casal — e onde elas divulgaram a notícia de que poderiam ser irmãs.

“Encontramos com as nossas mães uma noite e, como éramos todas da mesma cidade natal, elas estavam falando sobre lugares e pessoas com quem costumavam sair no passado. De alguma forma, descobriu-se que ambas estavam com o mesmo cara e todas nós pensamos que era a coincidência mais louca!”,

relataram à publicação.

O vídeo em que contam a história já acumula mais de 13 milhões de visualizações no TikTok. Elas afirmam que a reação do público foi “muito melhor” do que esperavam.

“Mais da metade dos comentários/mensagens que recebemos são positivos e de apoio, mas é claro que recebemos comentários negativos e odiosos. Tentamos levar tudo o que é negativo como algo muito pequeno e focar no fato de que, independentemente do que o mundo diz sobre nossa situação, nós podemos fazer a escolha sobre o que fazer com nossas próprias vidas”,

concluíram.

Com informações do Uol*

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.