×
Canoagem

Brasileiros levam prata e bronze em Mundial de Paracanoagem no Canadá

Luis Carlos Cardoso faturou medalha de prata e Mari Santilli o bronze

Luis Carlos Cardoso
Assim como nos Jogos de Tóquio, o piauiense Luís Carlos deixou escapara o ouro para o mesmo adversário. - Fábio Canhete/CBCa

O Brasil subiu duas vezes ao pódio nesta sexta-feira (5) no Mundial de Paracanoagem em Halifax (Canadá).  Vice-campeão olímpico em Tóquio, Luis Carlos Cardoso voltou a conquistar prata nos 200 metros KL1 (prova em caiaque com atletas que usam somente os braços).  

E teve também pódio feminino com Mari Santilli, que brilhou com o bronze em sua estreia na disputa dos 200m VL3 (canoa havaiana na qual o competidor usa braços, o tronco e as pernas na remada).

Assim como nos Jogos de Tóquio, o piauiense Luís Carlos deixou escapara o ouro para o mesmo adversário: o húngaro Peter Kiss que cruzou a linha de chegada em 48s40.

O brasileiro chegou em segundo lugar (49s14) e o bronze ficou com francês Remy Bolle (50s98).

Estou feliz demais. Faz 10 anos que estou na canoagem, todo ano conquistou uma medalha e este ano não poderia ser diferente. Quase peguei o primeiro lugar, mas vou trabalhar cada vez mais para garantir esse primeiro lugar aí”, disse Luís Carlos,  logo após a prova.

Mari Santilli conquista bronze no Mundial de Paracanoagem 2022

Logo na estreia na categoria VL3, Mari Santilli garantiu o bronze no Mundial de Paracanoagem, ficando atrás apenas das experiente britânicas Charlote Henshaw (ouro) e Hope Gordon (prata) –  Fabio Canhete/CBCa/Direitos Reservados

A paranaense Mari Santilli também comemorou muito o bronze, sua primeira medalha na canoa havaiana.

Ela completou a prova nos 200m VL3 na terceira posição,  em 1m03s97, atrás das experientes britânicas Charlote Henshaw (59s58) medalha de ouro, e Hope Gordon (1m00s84) que ficou com a prata.

Eu sou categoria baby, estreia, elas são mais experientes, então 2023 que me aguarde”, projetou Santilli, que volta a competir às 10h52 deste sábado (6), na final dos 200m do caiaque (KL3).

Edição Web: Bruna Oliveira

Leia mais:

No Pan do Rio, Brasil fica com a prata na final masculina por equipes

Letícia Oro fatura bronze no salto em distância no término do Mundial

Atleta do AM conquista medalha de prata em lançamento de dardo na Espanha

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.