×
Desobrigação

Wilson Lima decreta fim do uso de máscaras no Amazonas

Segundo o governador, isso é possível após a diminuição de casos de internação, mortes e casos confirmados de Covid-19 no Estado

Anúncio foi feito por meio de redes sociais (FOTO: Divulgação)

Manaus (AM) – O governador do Amazonas, Wilson Lima, decretou, na manhã desta quarta-feira (23), o fim do uso de máscara em locais fechados e abertos em todo o estado. O anúncio foi feito pelas redes sociais.

Segundo o governador, isso é possível após a diminuição de casos de internação, mortes e casos confirmados de Covid-19 no Estado. A recomendação entra em vigor hoje e complementa decisão anterior que já havia desobrigado o uso em ambientes abertos.

“Nós temos números epidemiológicos favoráveis, os números de internações diminuíram significativamente. O estado do Amazonas tem a menor taxa de letalidade do país. Estamos recomendando a desobrigação do uso de máscara, mas é importante que as pessoas entendam, e nós vamos continuar vacinando, que a vacina é a arma mais importante contra a Covid-19”, disse o governador.

Com as novas recomendações, o Comitê Intersetorial de Enfrentamento da Covid-19 do Governo do Amazonas decidiu encerrar as atividades do comitê, que poderá ser reativado a qualquer momento pelo governador Wilson Lima.

O monitoramento dos indicadores da pandemia, tanto de vigilância epidemiológica quanto da rede assistencial, permanece sendo feito pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM) e a Fundação de Vigilância em Saúde Dra. Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP).

“Vamos continuar monitorando, a pandemia ainda não acabou. Essa é uma nova fase”, disse o secretário da SES-AM, Anoar Samad.

Baixo risco

Conforme dados da Matriz de Avaliação de Risco da Covid-19, elaborada pela FVS-RCP, o Amazonas entrou na Fase Verde, com risco muito baixo para a doença. A matriz considera seis indicadores, analisados nos últimos 14 dias: previsão de esgotamento de leitos UTI; variação do número de óbitos por SRAG (Síndrome Respiratória Aguda Grave); mortalidade por SRAG; variação do número de casos de SRAG; incidência de casos por SRAG; e taxa de positividade para Covid19.

O Amazonas é o último do país no ranking de letalidade, com 0,2 – a taxa considera a proporção entre o número de mortes pela Covid-19 e o número total de casos positivos. São Paulo, onde o uso de máscara está desobrigado incluindo em locais fechados, apresenta taxa de letalidade igual a 1,6. O Amazonas tem a segunda menor taxa de mortalidade do país, com 7,5, sendo a média nacional igual 18,2. Os dados são do Ministério da Saúde.

Desde o último dia 12, o Governo do Amazonas havia suspendido o uso obrigatório de máscaras em ambientes abertos no Amazonas, deixando a critério das Prefeituras de cada município optar ou não pelo uso obrigatório em espaços públicos.

Diante da redução de casos, mortes e internações, o Amazonas retornou à fase amarela, de baixo risco para transmissão do novo coronavírus. A decisão veio após nova avaliação do Comitê institucional de Combate à Covid 19, considerando a ampliação do esquema vacinal no Estado.

Veja o vídeo

Leia mais:

Amazonas não registra morte por Covid-19 nesta segunda (21)

Manaus deixa de obrigar uso de máscaras em ambientes abertos nesta quarta (16)

Amazonas decreta fim do uso obrigatório de máscaras em locais abertos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.