×
Cheia 2022

Enchente 2022: Governo monitora chuvas e nível dos rios no Amazonas

O acompanhamento tem como objetivo subsidiar, tanto as ações da Defesa Civil em conjunto com as prefeituras municipais

Manaus (AM)- O Governo do Amazonas, por meio da Defesa Civil, realiza o monitoramento dos municípios que deverão ser afetados pela cheia dos rios este ano.

Segundo o último levantamento feito pelo órgão, 12 municípios encontram-se em situação de atenção, seis municípios em situação de alerta, e cinco cidades seguem em situação de emergência.

O acompanhamento tem como objetivo subsidiar, tanto as ações da Defesa Civil em conjunto com as prefeituras municipais, quanto as tomadas de decisões por parte do órgão.

O levantamento de dados é realizado por meio do Subcomando de Ações de Proteção e Defesa Civil, através do Centro de Monitoramento e Alerta (Cemoa) e da gerência regional, que realiza, diariamente, o acompanhamento com os coordenadores de cada município.

Segundo a meteorologista do Cemoa, Patrícia Guimarães, nos próximos sete dias, a previsão é de condições favoráveis para acumulados de chuva significativos sobre o estado. Esperam-se eventos de precipitação entre 20 – 70 mm de chuva sobre o Amazonas.

Nas calhas do Alto Rio Negro, Juruá, Purus, Alto Madeira e Baixo Amazonas, são esperados acumulados significativos, entre 80 – 150 mm. A Defesa Civil destaca, ainda, acumulados de precipitação de até 200 mm sobre o Sul da Venezuela, cabeceira do Rio Negro; e sobre o Peru e Bolívia, cabeceiras do Juruá, Purus e Madeira.

O Cemoa destaca, ainda, a importância de atenção especial às áreas mais vulneráveis.

Panorama Atual das Calhas

– Status de Transbordamento: Bacia do Juruá e Bacia do Purus

– Status de Atenção: Bacias do Madeira, Alto Solimões, Médio Solimões, Baixo Solimões, Médio Amazonas, Baixo Amazonas e Rio Negro

Panorama dos municípios

– Situação de ATENÇÃO: 12 municípios

Calha do Madeira: Humaitá, Manicoré

Calha do Alto Solimões: Tabatinga, S. Paulo de Olivença, Amaturá, S. Antônio do Içá

Calha do Médio Solimões: Fonte Boa

Calha do Baixo Solimões: Manacapuru, Careiro da Várzea

Calha do Médio Amazonas: Itacoatiara

Calha do Baixo Amazonas: Parintins

Calha do Rio Negro: Manaus

– Situação de ALERTA: 6 municípios

Calha do Juruá: Itamarati

Calha do Purus: Pauini, Lábrea, Canutama

Calha do Madeira: Borba, Nova Olinda do Norte

– Situação de EMERGÊNCIA: 5 municípios

Calha do Juruá: Guajará, Ipixuna, Envira, Eirunepé

Calha do Purus: Boca do Acre

Os demais municípios encontram-se em situação de normalidade quanto ao nível dos rios.

*Com informações da assessoria

FOTOS: Divulgação/Secom

Leia mais:

Municípios do AM decretam situação de emergência por conta da cheia

Eirunepé decreta situação de emergência pela cheia do Juruá

Defesa Civil registra ocorrências por conta da chuva

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.