×
SETOR PRIMÁRIO

Governo apresenta ideia para novo Terminal Pesqueiro de Manaus

Apresentação ocorreu em reunião ordinária do Conselho Estadual de Pesca, na qual foi também discutido o Projeto de Lei do Tucunaré

1ª Reunião Ordinária do Conepa
A finalidade é de contribuir e melhorar a atividade da pesca e aquicultura no estado. - Emerson Martins/Sepror

Manaus (AM) – O Governo do Amazonas apresentou uma proposta para a construção do novo Terminal Pesqueiro de Manaus, nesta quarta-feira (30), na 1ª Reunião Ordinária do Conselho Estadual de Pesca e Aquicultura (Conepa). A ideia foi apresentada para 21 conselheiros presentes no evento da Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror).

O vice-presidente do Conepa e secretário executivo adjunto de Pesca e Aquicultura da Sepror, Leocy Cutrim, ressalta a importância da aprovação da proposta do novo terminal por unanimidade pelos conselheiros, com a finalidade de contribuir e melhorar a atividade da pesca e aquicultura no estado.

É uma grande oportunidade que o governador Wilson Lima está dando aos trabalhadores do setor pesqueiro para melhorar as suas vidas, tanto os pescadores como os aquicultores e consumidores que trabalham com o pescado, em Manaus e em todo o Amazonas”,

fala Leocy.

A proposta ainda está em fase inicial de discussões para ouvir a categoria pesqueira, a fim de alinhar novas diretrizes para a construção do novo terminal.

Na reunião também foi debatido o Projeto de Lei (PL) que proíbe o abate de três espécies de tucunaré (vazzoleri, açú e pinima) em todo o estado por pescadores amadores, mas libera a pesca esportiva, em que o peixe é capturado, mas solto no rio após registro.

O PL é de autoria do deputado estadual Tony Medeiros e foi apresentado para os conselheiros, que puderam fazer suas contribuições.

Menção honrosa 

Os conselheiros Luiz Bonfá e Roger Crescêncio foram homenageados durante a reunião do Conepa, pela iniciativa de promover o consumo do pescado do Amazonas, no período mais difícil devido à doença de Haff.

Leocy Cutrim assinala que muitas informações propagadas nas mídias sobre a situação da doença se tratavam de fake news e prejudicaram a comercialização do pescado.

Conepa

O Conselho Estadual de Pesca e Aquicultura integra 40 instituições, abrangendo entidades do setor produtivo, representantes de todas as áreas da pesca, e de órgãos governamentais, e tem a função de discutir grandes temas e propor melhorias no setor de pesca e aquicultura, com a finalidade de beneficiar toda a categoria.

*Com informações de Agência Amazonas

Leia mais:

Ações ao setor primário pelo programa Manaus + Agro são anunciados no AM

Pescadores de Jutaí recebem lancha adquirida com emenda do Dep. Álvaro Campelo

Mais 300 pescadores recebem kits de pesca artesanal no Amazonas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.