×
Editorial

Vandalismo nos terminais

Os vândalos, de acordo com a chefe da Divisão de Engenharia de Transporte do IMMU, Leida Sicsú Moreno, continuam a roubar torneiras

Divulgação

Nas redes sociais, usuários de transporte coletivo protestam e pedem providências contra os atos de vandalismo em terminais de integração e estações de transferência em Manaus. Pedem maior força repressiva contra os marginais que perturbam a paz social e a ordem pública cotidianamente nos terminais.

Entende-se, por um lado, que a Prefeitura de Manaus, por meio do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), tem mobilizado equipes que cuidam da manutenção tanto dos terminais quanto das estações de ônibus, mas os usuários reclamam mais policiais nas ações de combate aos marginais e ao vandalismo.

No Terminal de Integração 1, na Constantino Nery (T1), o banheiro não consegue se manter limpo e bem estruturado. Os vândalos, de acordo com a chefe da Divisão de Engenharia de Transporte do IMMU, Leida Sicsú Moreno, continuam a roubar torneiras.

Em parte, os protestos dos usuários procedem, mas vale destacar que as próprias pessoas beneficiadas com os serviços dos terminais precisam colaborar com o IMMU, denunciando os malfeitores que danificam a estrutura física dos terminais por pura maldade, prejudicando a população.

O IMMU tem usado suas redes sociais para conscientizar os usuários para ajudarem na conservação dos pontos de ônibus, terminais de integração e estações de transferências. Uma andorinha só não faz verão. Urge, então, que os usuários de bom senso ajudem o IMMU a manter os terminais em bom estado, garantindo conforto, comodidade e segurança.

Leia mais:

Governo Federal parte agora para destruir o Polo de Concentrados de Refrigerantes da ZFM

A Zona Franca de Manaus na beira do abismo

O apelo à moralidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.