×
Homenagem

Cantor amazonense Arlley Souza lança música em homenagem à mãe

A música e o clipe, lançados em seu canal, é o primeiro de uma série de produções solo

Manaus (AM)- O cantor, compositor e instrumentista Arlley Souza, da Banda Critical Age, lançou este mês, no seu canal do You Tube, a música “Eu quis Acreditar” composta por ele em homenagem a sua mãe, falecida em 2017.

De acordo com ele, a inspiração para essa música veio no ano passado durante a pandemia.

“Eu estava na igreja com a minha esposa quando essa música veio na minha cabeça. Senti um arrepio na hora e comentei com ela. Fiquei pensando na música no caminho da igreja até em casa. Logo que cheguei, comecei a escrever. Eu sempre compus fazendo letra e melodia ao mesmo tempo e no mesmo dia finalizei a música”.

A música tem arranjos do músico Paulo Marinho e fala de dor e saudade.

“Minha mãe foi, e é até hoje, a pessoa mais importante da minha vida e eu costumo dizer que sou o reflexo dela em praticamente tudo: caráter, personalidade, a força que ela tinha, a espiritualidade, a fé em Deus, meus princípios, a forma como criei meus filhos, tudo veio dela. Por isso, ela sempre foi minha fonte de inspiração, meu esteio, minha melhor amiga. Éramos muito parceiros. Desde a sua partida sinto um vazio gigante que nunca foi preenchido. Ela quem me incentivou a cantar desde que eu era criança. Comecei tocando e cantando na igreja por incentivo dela. Minha segunda fonte de inspiração foi meu pai, que também sempre cantou muito bem. Ele é tenor e toca violão. Mas como ele não tinha tempo para me ensinar, era muito ocupado, me dediquei a aprender sozinho, mas sempre inspirado no que ele fazia. Minha primeira experiência como músico foi na igreja, depois comecei a tocar na escola, nas rodas de amigos até tocar na noite e me tornar músico profissional. A música era algo que estava no sangue desde muito cedo”, diz ele.

Arlley conta ainda que quando começou a tocar na noite formou, juntamente com seu pai e seu irmão, Arisson Souza, uma banda de boi. As toadas vieram por influência de sua mãe, que é parintinense, e de seu tio materno, Xisto Pereira, um dos fundadores do festival de Parintins. Hoje, ele e o irmão comandam a banda de rock Critical Age, que completará este ano 21 anos de estrada.

Ele diz ainda que a música e o clipe “Eu quis Acreditar”, lançados em seu canal, é o primeiro de uma série de produções solo que planeja para este ano.

Ao contrário da banda Critical Age, seu projeto solo é bem eclético, e vai do pop à música regional, sem um estilo definido. Paralelo aos shows da banda, ele pretende investir nesse projeto lançando uma música após a outra. “Meu próximo single está no forno e será lançado em breve”, completa ele.

Acompanhe o clipe da música pelo canal do You Tube do cantor Arlley Souza, através do link: https://www.youtube.com/watch?v=hcuQxG_btaU

Conheça a letra da música “Eu quis acreditar”

Letra e Música: Arlley Souza

Arranjo: Paulo Marinho

Tanto tempo faz que não te vejo

Te procuro em cada rosto em cada gesto, em cada olhar…

Tanto tempo que eu quis acreditar

Que você nunca partiu e ainda mora no meu lar

Eu queria sempre estar contigo

Te mostrar o mundo de um jeito

Que você sempre sonhou

Eu quis acreditar

Que a vida não era dor e medo

Viver não há de ter segredos

Que o fim não é tão ruim

Eu pensei que fosse fácil disfarçar

E chegar em algum lugar aonde você não está…Eu quis acreditar!

As lembranças guardo no meu peito

O carinho e o cuidado que você me dispensou

Certamente eu iria em seu lugar

Não sou eu quem faz os planos e só resta aceitar

O que fica são os bons exemplos

Minha vida de agora em diante é fazer

Tudo que me ensinou

Eu quis acreditar

Que a vida não era dor e medo

Viver não há de ter segredos

Que o fim não é tão ruim

Eu pensei que fosse fácil disfarçar

E chegar em algum lugar aonde você não está…

Eu quis acreditar!

*Com informações da assessoria

Edição Web: Bruna Oliveira

Leia mais:

Dia das mães em Rio Preto da Eva terá show de José Augusto

Livros que fala sobre verdades da maternidade é lançado

Projeto cultural retrata histórias de famílias na pandemia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.