×
Verão

Com aproximação do verão em Manaus, saiba como se proteger dos raios solares

Conforme um meteorologista, a partir do mês de maio, o tempo ficará mais seco, o que exige maior atenção para a saúde da pele

Foto: Divulgação

Manaus (AM) – Após meses de grande volume de precipitação de chuva sobre Manaus, a capital amazonense começa a passar por uma transição de estação climática. Conforme um meteorologista, a partir do mês de maio, o tempo ficará mais seco. Assim, com a aproximação do verão, uma dermatologista recomenda a intensificação de cuidados com a pele contra os raios solares.

O popularmente conhecido “inverno amazônico” caminha para o seu fim, justamente porque o mês de maio, principalmente na sua segunda quinzena, é classificado pelos meteorologistas como um período de transição da estação chuvosa para a estação seca.

Conforme o meteorologista Renato Senna, do Instituto Nacional de Pesquisa da Amazônia (Inpa), o verão inicia em Manaus a partir do mês de junho ou julho.

“A estação seca, que a gente chama de verão, acontece apenas daqui a uns 45 cinco dias mais ou menos. Então, estamos entrando neste período, que está um pouco mais seco do que deveria estar”,

explica o meteorologista.

Assim, a tendência nas próximas semanas, segundo o meteorologista, é de diminuição de chuvas no Amazonas, especialmente em Manaus.

Cuidados

Com a aproximação do verão, a dermatologista Suzi Maron ressalta a importância dos cuidados com a pele, ainda mais porque Manaus está localizada perto da linha do Equador. Como consequência, o índice de radiação ultravioleta é alto na maior parte do dia, com maior incidência das 10h até as 16h.

“A população deve ter o cuidado de usar protetor solar corretamente. Se a pessoa tiver uma exposição muito grande, principalmente de trabalho, deve usar também uma proteção física, ou seja, sombrinha, chapéu e manga comprida”,

observa a dermatologista

O uso do protetor solar e da proteção física são essenciais para que a pele não seja queimada. Também ajudam a evitar aparecimento de manchas que sinalizam a danificação da pele e, principalmente, o aparecimento de câncer de pele, que surge pela exposição prolongada ao sol ao longo dos anos.

Protetor solar é importantíssimo para evitar lesões por conta dos raios solares. Foto: Divulgação

“É por isso que é importante seguir esses cuidados. Os problemas mais imediatos que vejo são queimaduras, lesões mais graves, e a longo prazo esse acúmulo de exposição solar vai gerando manchas, que dão um desconforto estético grande e principalmente lesões cancerígenas”, afirma a dermatologista Suzi Maron.

De acordo com a médica, a pele humana não aguenta grande exposição solar. Até mesmo as peles mais pigmentadas também têm tolerância ao sol e precisam de proteção. Ao mesmo tempo, as peles brancas, que possuem pouca melanina, proteína que protege dos raios solares, necessitam de cuidados mais redobrados.

“Pessoas de pele clara, olhos claros e cabelos claros, caso dos ruivos, são extremamente suscetíveis a queimaduras de várias lesões causadas pelo sol”, pontua.

Grupos de risco

Além das pessoas de pele clara, há grupos de risco em relação à exposição solar, como os albinos, pessoas que possuem algum distúrbio na produção de melanina. Também estão neste grupo aqueles que apresentam o xeroderma pigmentoso, doença que torna a pele sensível à radiação solar. “Nesses casos essas pessoas não podem se expor de maneira alguma no sol sem qualquer tipo de proteção”, alerta a dermatologista.

“Desde o nascer do dia, mesmo quando o índice de radiação ultravioleta não for tão alto, essas pessoas precisam começar o uso do protetor solar. Também é necessário a reaplicação mais frequente do que o usual, a cada 2 horas, e o uso da proteção física”, ressalta.

A médica também lembra dos cuidados de pele para idosos e crianças. “Principalmente, as crianças, com idade abaixo de 6 meses, que é uma idade que ainda contraindica o uso de protetor”, destaca.

Leia mais:

Fevereiro de 2022 bate média histórica de volume de chuvas em Manaus

Enchente 2022: Governo monitora chuvas e nível dos rios no Amazonas

Manaus deve manter alerta para fortes chuvas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.