×
Acerto de Contas

Ex-PM é preso suspeito de matar homem por dívida de agiotagem em Manaus

Polícia suspeita que a provável motivação do crime seria acerto de contas por dívidas de agiotagem

morte-manaus
Vítima foi morta em via pública - Divulgação

Manaus (AM) – Um homem identificado como Cleyton Robert dos Santos Castilho, foi morto com, pelo menos, cinco tiros na manhã deste sábado (14) após ter recebido uma ligação misteriosa. O crime aconteceu na avenida Itaúba, bairro Jorge Teixeira, Zona leste de Manaus.

A mãe da vítima contou à polícia que antes de Cleyton ser assassinado ele recebeu uma ligação pelo celular da esposa.

Durante a ligação, Cleyton chegou a descrever, para a pessoa que estava do outro lado da linha, a roupa que estava usando. Ele, então, saiu de casa junto com a companheira para ir a um serviço, mas foi surpreendido por uma dupla em uma moto e morto em via pública.

Cleyton foi atingido com tiros na cabeça e pescoço. A esposa dele conseguiu correr para a casa e avisou a mãe da vítima.

Prisões

O delegado Fábio Silva, do 14º Distrito Integrado de Polícia (DIP), informou que horas após o assassinato Cleyton as equipes conseguiram prender dois suspeitos do crime.

O ex-policial militar Francisco Marques dos Reis seria o piloto da motocicleta e o comparsa dele, identificado como Elias de Souza Candido Rodrigues Junior, teria sido o autor dos disparos. Com a dupla também foi apreendida a arma do crime.

“Em um trabalho rápido da polícia militar assim que aconteceu o ocorrido, a polícia fez um cerco na região da zona leste e efetuou a prisão dos envolvidos”, disse o delegado.

Fábio Silva informou, ainda, que a provável motivação do crime seria acerto de contas por dívidas de agiotagem. Os suspeitos devem ser interrogados para esclarecer as reais causas do homicídio.

Leia mais

Morador de rua é executado a tiros em rua do Centro de Manaus

Assaltantes causam grave acidente de trânsito durante fuga na Zona Leste de Manaus

Jovem é executado com 11 tiros dentro de banheiro em Manaus

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.