×
CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO

Estudo analisa novos formatos de salas de aula em universidade do Amazonas

Pesquisa apoiada pelo Governo do Estado é realizada por pesquisadores da Ufam, em parceria com Universidade Aberta de Portugal e University of Hertfordshire

Redesenho da sala de aula para o estudante do século XXI
O estudo deve comparar as salas de aula redesenhadas por professores e estudantes da Ufam, com salas de aula redesenhadas por professores e estudantes no Reino Unido. - Fabiane Maia Garcia/Acervo pessoal

Manaus (AM) – O “Redesenho da sala de aula para o estudante do século XXI” é o tema de um projeto apoiado pelo Governo do Estado, por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Amazonas (Fapeam), que busca analisar junto à comunidade acadêmica as múltiplas configurações que a sala de aula pode oferecer quando vinculada ao desenvolvimento da tecnologia e à melhoria da qualidade de aprendizagem.

O estudo é coordenado pela pesquisadora e doutora em Educação, Fabiane Maia Garcia, da Universidade Federal do Amazonas (Ufam).

Desenvolvido em parceria com pesquisadores da Universidade Aberta de Portugal e da University of Hertfordshire, o estudo deve comparar as salas de aula redesenhadas por professores e estudantes da Ufam, com salas de aula redesenhadas por professores e estudantes no Reino Unido e, a partir da comparação, refletir sobre a multiplicidade e a complexidade de ensinar e aprender em cada um dos países.

Há também o intuito de analisar qual a influência na forma como professores e estudantes concebem o espaço da sala de aula.

Segundo a pesquisadora Fabiane, o estudo parte de um projeto maior que investiga a democratização da educação e discute vários pontos, dentre os quais a infraestrutura.

A estrutura escolar que temos foi parte das lutas e conquistas pela democratização da educação que marcaram o final do século XX, por isso o interesse em discutir esse ponto e de como ele se articula com uma perspectiva de educação para o futuro”, explicou.

A pesquisa conta ainda com a participação de estudantes do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE) da Ufam, dentre eles um mestrando com graduação em Arquitetura.

O projeto, retomado em 2022, tem previsão de término para abril de 2023.

No momento estamos ofertando processos formativos para docentes da educação básica e ensino superior, com quem se discute o tema no processo do repensar o espaço da sala de aula para o futuro. No geral, temos constatado que poucos espaços escolares foram realmente criados para essa finalidade, a maioria ainda resulta de adaptações e reformas para atender as demandas do processo de ensino-aprendizagem”, destaca.

O estudo é realizado no âmbito do Programa Universal Amazonas da Fapeam, Edital nº 006/2019, que visa financiar atividades de pesquisa científica, tecnológica e de inovação, ou de transferência tecnológica, que representem contribuição significativa para o desenvolvimento socioeconômico e ambiental do estado do Amazonas.

A Fapeam é importante no sentido de acolher diversas propostas de pesquisas. O financiamento possibilita o intercâmbio internacional e a valorização da temática no campo da educação”, finaliza a pesquisadora.

Articulação internacional

A parceria com as instituições internacionais ocorreu a partir da participação e apresentação em eventos internacionais e da percepção de que se tinha temas de comum interesse em pesquisas realizadas pela Universidade Aberta de Portugal e a University of Hertfordshire, do Reino Unido.

*Com informações da Agência Amazonas

Leia mais:

Cientistas fornecem mais de 50 mil imagens para estudo sobre a fauna da Amazônia

Estudantes do AM conquistam 631 aprovações em universidades públicas

União tem 5 dias para explicar corte na verba de universidades, diz Barroso

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.