×
ACESSO CULTURAL

Festival Amazonas de Ópera faz apresentação a instituição social de Manaus

O espetáculo narra a história do jovem guerreiro indígena Iporangaba recebe a missão de resgatar Guaraci, o sol, engolido pela onça Xivi

Ópera “Onheama”, na Casa Vhida
O espetáculo narra a história do jovem guerreiro indígena Iporangaba recebe a missão de resgatar Guaraci, o sol, engolido pela onça Xivi. - Breno Brandão

Manaus (AM) – O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa, levou a ópera “Onheama” para a Casa Vhida – Associação de Apoio à Criança com HIV, na quinta-feira (26).

A apresentação do 24º Festival Amazonas de Ópera (FAO) ocorreu na sede da Casa Vhida, na zona oeste de Manaus, em parceria com o Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS), e teve a presença do secretário de Cultura e Economia Criativa, Marcos Apolo Muniz, da secretária executiva do FPS, Kathelen Braz, e da primeira-dama do Estado, Taiana Lima.

Estou muito feliz em partilhar este momento com as crianças da Casa Vhida. Parabéns ao secretário Marcos Apolo pela iniciativa, pois sei que esta ação foi feita com muito amor e carinho pelo o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Cultura, em parceria com o FPS. Deixo aqui um abraço do governador Wilson Lima e aproveito a ocasião para dizer que a instituição pode contar conosco com suas demandas, pois o que estiver ao nosso alcance, nós estaremos fazendo para oferecer melhorias em seus serviços”, destacou Taiana Lima.

Com uma história inspirada no fenômeno do eclipse solar, a apresentação é uma adaptação da ópera de João Guilherme Ripper para o teatro de marionetes.

O espetáculo narra a história do jovem guerreiro indígena Iporangaba recebe a missão de resgatar Guaraci, o sol, engolido pela onça Xivi.

Nessa aventura, ele conta com a ajuda do Boto-Cor-de-Rosa e da Iara, seres encantados da mitologia amazônica.

O governador Wilson Lima nos orienta a fazermos trabalhos que possam ir além das paredes do Teatro Amazonas, com oportunidades para os que nunca entraram no teatro, levando até eles um pouco do que produzimos, oferecer acesso à cultura e oportunizar as crianças atrações de qualidade, como por exemplo, espetáculos apresentados neste ano no 24º Festival Amazonas de Ópera”, afirmou Marcos Apolo Muniz, secretário de Cultura e Economia Criativa.

Da esq., Kathelen Braz, secretária executiva do FPS; Taiana Lima, primeira-dama do Estado; Hérica Amorim, coordenadora da Casa Vhida; e Marcos Apolo Muniz, secretário de Cultura e Economia Criativa. – Breno Brandão

A coordenadora da Casa Vhida, Hérica Amorim, agradeceu à primeira-dama Taiana Lima e a toda a equipe do Governo do Estado pela ação realizada para as crianças da instituição.

Em nome da diretoria, das crianças, e de todos da Casa Vhida, agradecemos pela a atenção especial dada a nós pela equipe do Governo do Estado, e um agradecimento especial para a primeira-dama Taiana Lima e ao governador Wilson Lima por nos proporcionar um belo espetáculo e uma tarde de muita alegria”, agradeceu.

Neste projeto, a Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa conta com o apoio do FPS e da Secretaria de Estado de Educação e Desporto.

Edição Web: Bruna Oliveira

*Com informações da Agência Amazonas

Leia mais:

Imprensa Oficial produz serviços gráficos para o 24º Festival Amazonas de Ópera

Crianças ribeirinhas assistirão ópera no Teatro Amazonas

Série apresenta curiosidades sobre o 24º Festival Amazonas de Ópera

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.