×
ÓPERA

Obra de Verdi emociona público no Festival Amazonas de Ópera

Programação encerra com “O Menino Maluquinho” nesta segunda-feira (30/05), e “Il Trovatore” amanhã (31/05)

Festival Amazonas de Ópera
O festival entregou ao público amazonense uma ópera de difícil execução técnica, com uma história repleta de reviravoltas e vingança que atravessa gerações. - Michael Dantas/Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa

Manaus (AM) – Na reta final do 24º Festival Amazonas de Ópera (FAO), a clássica obra “Il Trovatore”, do compositor italiano Giuseppe Verdi, teve noite de casa cheia no Teatro Amazonas, em Manaus, neste domingo (29/05).

O festival entregou ao público amazonense uma ópera de difícil execução técnica, com uma história repleta de reviravoltas e vingança que atravessa gerações.

Os amantes do gênero em Manaus ainda podem conferir a última apresentação do FAO, às 20h, na terça-feira (31/05), com a versão em concerto de “Il Trovatore”, além da sessão extra da ópera de Ernani Aguiar, “O Menino Maluquinho”, nesta segunda-feira (30/05), às 19h.

Os ingressos estão à venda em www.bilheteriadigital.com e na bilheteria do Teatro Amazonas.

O secretário da pasta, Marcos Apolo Muniz, destacou a qualidade do elenco amazonense nesta edição.

O público expressivo que compareceu, ingressos esgotados, espetáculos de altíssima qualidade, elenco de primeiríssima. Então, já fica a expectativa para o que vai ser o 25° Festival Amazonas de Ópera”, disse.

‘Il Trovatore’


Sob regência do maestro Luiz Fernando Malheiro no comando da Orquestra Amazonas Filarmônica e, no palco, artistas do Coral do Amazonas, a dificuldade na execução é destaque do título.

’Il Trovatore’ é uma obra estritamente vocal, são vozes especiais. Dizem: ‘ou você tem as quatro melhores vozes do mundo ou não faça Trovatore’. E nós estamos aqui com um elenco realmente fantástico“, apontou o maestro, que assina a direção artística do 24º FAO.

Atuando no papel principal, do trovador Manrico, o tenor Enrique Bravo, um amazonense de coração, cumpriu com excelência o maior desafio da carreira.

É intenso, muito intenso e não raro eu me emociono e choro no final”, afirmou.

A soprano Tatiana Carlos contou que interpretar o papel de Leonora é a realização de um sonho.

Mesmo sem estar encenando esta ópera (na versão em concerto), você tem que se dedicar muito, interpretar muito. Vocalmente é de uma textura muito extrema e demanda muita agilidade. É desafiador”, relatou ela.

Obra lírica


Il Trovatore”, de Giuseppe Verdi, ao lado das óperas “Rigoletto” e “La Traviata”, compõe a chamada “trilogia verdiana”, conhecida como uma das obras líricas mais populares.


O FAO segue até amanhã (31/05), na capital e interior. A programação conta com atrações gratuitas e, para as obras pagas, os ingressos estão à venda em www.bilheteriadigital.com e na bilheteria do Teatro Amazonas.

A montagem aborda assuntos como vingança, vida cigana, bruxaria, poder e morte. Entre os personagens, Conde, Azucena, Manrico e Leonora permeiam o drama inflamado por amor e ódio.

Festival

O FAO é realizado pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa e da AADC.

O projeto, aprovado na Lei de Incentivo à Cultura, Ministério da Cidadania e Secretaria Especial de Cultura, tem patrocínio master do Bradesco e patrocínio da Innova.

Realizado pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa e da Agência Amazonense de Desenvolvimento Cultural (AADC), o festival de ópera está em fase final de apresentações.

*Com informações da assessoria

Leia mais:

Obra famosa, ‘Il Trovatore’ estreia no 24º Festival Amazonas de Ópera neste domingo (29)

“O Menino Maluquinho”, de Ziraldo estreia no Teatro Amazonas

Cine Casarão estreia “A Felicidade das Coisas” e “Amigos de Risco” em Manaus

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.