×
Guerra

EUA e Alemanha enviam armamento moderno para ucranianos

Destinação de arsenal militar ocorre no momento em que a Rússia está avança pelo leste da Ucrânia

Divulgação

A Alemanha e os Estados Unidos firmaram um compromisso na última quarta-feira (1) para enviar armas pesadas e modernas para a Ucrânia. O chefe do governo alemão, Olaf Scholz, destacou que, além do envio de aparato militar, o país treinará os soldados ucranianos.

As tropas da Rússia já controlam parte da cidade de Severodonetsk, no leste da Ucrânia, e estão próximas de controlar a região de Luhansk. Severodonetsk é a penúltima cidade que falta para que Moscou tenha o controle total do local.

“Nas próximas semanas enviaremos para a Ucrânia, juntamente com a Holanda, 12 dos blindados mais modernos do mundo. Em poucos dias, vamos ensinar soldados ucranianos como usá-los. São armas verdadeiramente modernas, armas muito pesadas”

, afirmou Scholz.

Os alemães estão oferecendo sistema antiaéreo de alta altitude, por meio de canhões autopropulsados. O país nunca ofereceu esse tipo de armamento para outras nações. Até então, os alemães tinham o compromisso de jamais entrar em um conflito militar com esse nível de engajamento.

Os Estados Unidos também anunciaram um novo pacote para abastecer as tropas ucranianas com armamentos pesados. Antony Blinken, secretário do Estado dos EUA, descreveu que o envio do país inclui sistemas avançados de foguetes.

“O presidente [Joe] Biden anunciou um novo e significativo pacote para armar a Ucrânia com capacidades adicionais e armamento avançado, exatamente o que eles precisam para se defender contra a agressão russa em andamento”

, disse Blinken.

“Isso inclui sistemas de foguetes mais avançados, para que possam atacar alvos-chave de distâncias maiores no campo de batalha da Ucrânia”, acrescentou o secretário.

Os americanos vão fornecer lançadores de foguetes de média distância, o que aumenta muito a capacidade de artilharia ucraniana.

*Com informações do CNN

Leia mais:

Rússia alerta contra envio de sistema avançado de foguetes à Ucrânia

Casal esquece câmera ligada e transmite sexo ao vivo para igreja

Ucrânia identificou 600 suspeitos de crimes de guerra russos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.