×
CONSCIENTIZAÇÃO

Fevereiro Roxo: AM recebe ação de conscientização sobre Alzheimer, fibromialgia e lúpus

Os pacientes diagnosticados com essas doenças recebem tratamento integral

Foto: Divulgação

Manaus (AM) – O Centro de Atenção Integral ao Idoso (Caimi) André Araújo, da Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM), preparou uma programação especial em alusão à campanha Fevereiro Roxo, mês de conscientização para as doenças lúpus, Alzheimer e fibromialgia, criada em 2014.

As ações serão realizadas na próxima semana na unidade, na avenida Camapuã, bairro Cidade Nova, zona norte de Manaus, com a participação de profissionais da unidade, pacientes e familiares.

No dia 23 de fevereiro, às 7h, haverá uma palestra com o tema “Alimentação para a prevenção de Alzheimer”.

No dia 24, fisioterapeutas irão ministrar a palestra “Fibromialgia (saúde do usuário)”. O encerramento ocorrerá no dia 25, às 14h, com a palestra “Lúpus, Alzheimer e Fibromialgia: um olhar ampliado para o cuidado com respeito e hábitos de vida saudável”.

O Hospital e Pronto-Socorro (HPS) João Lúcio também realizará uma palestra em alusão ao Fevereiro Roxo, no dia 21, às 10h30, sobre a doença de Alzheimer.

As palestrantes serão a psicóloga, especialista em gerontologia e presidente da Associação Brasileira de Alzheimer (ABRAz/AM), Claudia Henrique Bandeira de Sousa; e a médica neurocirurgiã e coordenadora de clínica neurocirúrgica do Amazonas (CNA), Cecília Rondon Pedrosa Grangeiro.

O objetivo dessas ações é reforçar a importância do diagnóstico precoce e correto, de forma que o tratamento seja feito de forma eficaz e segura, assim proporcionando bem-estar e qualidade de vida ao paciente, além de aprimorar os cuidados a quem precisa desse tipo de atendimento.

O Governo do Amazonas oferece atendimento integral aos pacientes diagnosticados com fibromialgia, lúpus e Alzheimer, por meio de uma equipe multiprofissional com clínica médica e especialistas. As unidades de referência dão todo o suporte, desde o diagnóstico até o tratamento medicamentoso”, afirmou Anoar Samad, secretário de Estado de Saúde.

A diretora do Caimi André Araújo, Roberta Nascimento, enfatiza que o paciente recebe acompanhamento médico contínuo, com o objetivo de ter um diagnóstico preciso para o devido tratamento.

Na fase inicial, é realizado atendimento psicoterápico com o usuário e responsável, com fisioterapias para as limitações motoras e nutricionais. Além disso, ele também recebe atendimento com fonoaudióloga para melhorar a deglutição, caso seja necessário, e é acompanhado pelo Serviço Social”, disse a gestora.

Além do Caimi André Araújo, o Caimi Ada Viana, localizado na avenida Brasil, bairro Compensa, na zona oeste, também é referência para os cuidados com pacientes diagnosticados com Alzheimer.

Mais de 220 pessoas são assistidas pela unidade de atendimento especializado ao idoso, que atende ainda a demanda do Caimi Paulo Lima.

Fluxo de atendimento 

A SES-AM informa que o atendimento dos pacientes diagnosticados com fibromialgia, lúpus e Alzheimer é feito via Sistema Nacional de Regulação (Sisreg), de acordo com a necessidade e avaliação médica. 

Primeiramente, o paciente é atendido nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), onde é feita a triagem junto à equipe médica e dados os devidos encaminhamentos.

Na fase inicial de assistência nas unidades especializadas é realizado atendimento psicoterápico com o usuário e seu responsável.

Além disso, o paciente também recebe atendimento com fonoaudióloga e é acompanhado pelo Serviço Social.

Assistência

Os pacientes identificados com Alzheimer são encaminhados para atendimento nos Caimis Ada Viana e André Araújo, onde recebem tratamento médico clínico e especializado com cardiologia, geriatria, neurologista por meio de telemedicina, fonoaudiologia, psicologia, odontologia, fisioterapia, enfermagem, nutrição e serviço social.

Já os pacientes identificados com lúpus ou fibromialgia são triados e encaminhados à Policlínica Codajás. Eles são atendidos por um clínico e encaminhados ao especialista em reumatologia.

Sobre as doenças 

Lúpus é uma doença autoimune, ou seja, ocorre quando o próprio sistema imunológico de uma pessoa passa a atacar órgãos e tecidos do corpo (como se eles fossem invasores externos).

As doenças autoimunes são crônicas, porém o tratamento adequado é indispensável para mantê-las sob controle e reduzir os sintomas.

A fibromialgia é uma síndrome clínica que se manifesta com dor em todo o corpo, principalmente na musculatura.

Entre os sintomas estão: fadiga (cansaço), sono não reparador (a pessoa acorda cansada), alterações de memória e atenção, ansiedade, depressão e alterações intestinais.

Uma característica da pessoa com fibromialgia é a grande sensibilidade ao toque e à compressão da musculatura pelo examinador ou por outras pessoas.

A doença de Alzheimer ganhou o nome do médico que a descreveu primeiro em 1906, o psiquiatra Alois Alzheimer.

Também parte da campanha Fevereiro Roxo, essa doença degenerativa, que atinge principalmente os idosos, apresenta como sintomas principais a falta de coerência na fala e perda de memória.

*Agência Amazonas

Leia mais:

O cérebro na idade tardia

Laboratório de Análises do Hemoam passa a fazer atendimento 24h

Entenda a influência da alimentação na saúde mental

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.