×
Ação Policial

Após vídeo de desafeto decapitado, criminosos são presos no AM

A suspeita é que a motivação do crime seja uma retaliação pelo assassinato de Luciano Barbosa, o “L7”, filho do narcotraficante Zé Roberto da Compensa

Ao todo, sete homens foram presos acusados da barbárie/Foto: divulgação

Manaus (AM) – Vídeos de decapitação circularem na internet nesta quarta-feira (3) e logo após viralizarem, a polícia identificou os envolvidos no crime e realizou a prisão. A ação policial conjunta ocorreu nesta quinta-feira (4), por volta das 10h.

Sete homens foram acusados de serem os autores do esquartejamento de uma vítima assassinada no último domingo, na rua Major Gabriel, no bairro Centro, na zona Sul da capital.

O vídeo foi compartilhado e mostra a barbárie em que os assassinos esquartejam a vítima dentro de uma embarcação no rio. A suspeita é que a motivação do crime seja uma retaliação pelo assassinato de Luciano Barbosa, o “L7”, filho do narcotraficante Zé Roberto da Compensa.

Trabalho policial

Após ter o corpo decapitado, os assassinos jogaram os restos mortais do homem na praça Jacob e os membros estavam em um saco plástico envolto a um lençol.  De acordo com o Coronel PM, Márcio Leite, Comandante do CPA Leste, o vídeo divulgado ajudou na identificação dos suspeitos.

“Ontem começou a circular nas redes sociais um vídeo de um crime brutal, envolvendo a guerra de facções no bairro Colônia Antônio Aleixo. A partir dessas imagens foi possível identificar os criminosos e começamos a fazer as diligências juntamente com a Polícia Civil, porque já tem várias investigações em andamento envolvendo essa quadrilha que disputam território para o tráfico”, diz o coronel.

Após a identificação, os presos foram conduzidos para a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) para prestarem mais esclarecimentos e estão à disposição da Justiça.

Edição Web: Bruna Oliveira

Leia mais:

“Volta no tempo”: facções relembram passado sombrio e usam decapitação como aviso

Criminosos exibem cabeça decapitada e deixam recado para rivais em retaliação à morte de “L7”

Em troca de tiros, chefe do tráfico é morto na Zona Leste de Manaus

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.