×
Confronto

Baleado por justiceiro, assaltante é deixado para trás e agoniza até a morte em Manaus

O homem estava fazendo arrastões com os comparsas no bairro Novo Aleixo

Foto: Reprodução

Manaus (AM) – Felipe dos Santos Souza, de 20 anos, morreu após trocar tiros com um ‘justiceiro’ dentro de um veículo roubado, no bairro Novo Aleixo, na noite de terça-feira (22). A vítima é suspeita de cometer arrastões no bairro Novo Aleixo com mais três comparsas. Após ser alvejado, o trio abandonou o carro na rua 34, do bairro Cidade Nova.

Segundo o delegado do 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP), Cícero Túlio, o grupo estava realizando assaltos no bairro Novo Aleixo, próximo à ponte do Sete. Ao perceber a ação dos criminosos, um ‘justiceiro’ trocou tiros com eles. Um dos tiros atingiu Felipe, que estava no banco de trás do veículo. O carro usado por eles nos assaltos tinha sido roubado também na terça-feira.

Abandonado pelos comparsas

Após o tiroteio, os criminosos abandonaram o veículo na rua 34 e deixaram Felipe agonizando até a morte dentro do carro. Para fugir, os suspeitos roubaram a motocicleta de um cliente de uma padaria.

“Eram quatro criminosos no carro. Essas pessoas, possivelmente, se envolveram em uma situação de troca de tiros na região do Novo Aleixo, próximo a região da Ponte do Sete. Após rolar essa troca de tiros, eles abandonaram o veículo com a vítima alvejada, e ainda conseguiram roubar uma motocicleta”,

detalhou o delegado plantonista Cícero Túlio. 
Os criminosos deixaram Felipe agonizando até a morte dentro do veículo. Foto: Reprodução

Além disso, uma mulher de 38 anos foi baleada durante a troca de tiros no Novo Aleixo. A bala atingiu o braço da vítima e ela foi encaminhada para o Hospital e Pronto-Socorro Platão Araújo.

O delegado ainda destacou que as equipes já estão nas buscas pelos outros criminosos.

Os policiais da 6ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) isolaram a área. Equipes do Departamento de Polícia Técnico-Científica do Amazonas (DPTC-AM) e do Instituto Médico Legal (IML) foram acionados.

O justiceiro não foi identificado e o crime será investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Leia mais:

Ao esperar rota para o trabalho, homem é morto a tiros na Compensa

Jovem é chamado em beco e executado com mais de dez tiros em Manaus

Homem é morto a tiros por amigo no dia do aniversário em Manaus

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.