×
PREMIAÇÃO

Professora do AM recebe prêmio ‘Professor Inovador 2021’ com projeto autoral

Docente teve seu projeto publicado no livro “Professor Inovador”

Premiação Aleam
O projeto visa reconhecer, compartilhar e premiar práticas pedagógicas exitosas e inovadoras realizadas em sala de aula pelos educadores da rede pública de ensino. - Arquivo Pessoal

Iranduba (AM) – Professora do Ensino Mediado por Tecnologia do Amazonas, da Secretaria de Estado de Educação e Desporto, Alcione Santos da Silva conquistou o 1º lugar do Prêmio Professor Inovador 2021. Docente em Iranduba, município da Região Metropolitana de Manaus, distante 27 quilômetros da capital, ela teve o projeto publicado no livro “Professor Inovador” e ganhou o prêmio de R$ 1 mil.

Realizado pela Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), o projeto visa reconhecer, compartilhar e premiar práticas pedagógicas exitosas e inovadoras realizadas em sala de aula pelos educadores da rede pública de ensino.

O lançamento da terceira edição do livro “Professor Inovador” e a premiação dos projetos ocorreram na segunda-feira (25).

Alcione Silva conquistou a premiação com o projeto “Comunidade Lago do Ubim: A escola como provedora de inserção por meio de cotas – raciais e sociais”.

Os projetos e artigos submetidos foram avaliados por uma comissão de notáveis indicada pela Comissão de Educação da Aleam.

Além de ter o material publicado, os vencedores receberam prêmios de R$1 mil; R$ 500 e R$ 300, para o primeiro, segundo e terceiro lugar, respectivamente, por categoria.

Reconhecimento

A professora do Centro de Mídias de Educação do Amazonas (Cemeam), Lúcia Regina Silva dos Santos, teve seu relato de experiência selecionado para publicação no livro “Professor Inovador”.

Com o tema “Aula em Casa: e-mail, uma possibilidade para investigar a abrangência do fazer das Aulas de Arte”, o relato compõe a terceira edição do livro.

A professora agradece pelo reconhecimento e oportunidade de fazer parte do projeto.

Poder compor o livro é um grande prêmio para mim, ter meu relato selecionado dentre tantos outros inscritos é gratificante e me sinto honrada”, frisou Lúcia.

*Agência Amazonas

Leia mais:

Professora incentiva aprendizado por meio de livros com realidade aumentada em Manaus

Edital de pós-graduação gratuita para 15 mil professores é lançado no AM

Aos 80 anos, atriz Neusa Borges recebe prêmio pela contribuição a Cultura Negra

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.