×
Futebol do AM

Sul América celebra aniversário de 90 anos com festa neste domingo (1°)

A festa vai compensar os dois últimos anos que o Sul América ficou sem celebrar presencialmente

Manaus (AM)- Neste domingo (1º), o time Sul América completará 90 anos de fundação, com histórias de abnegação e também de glórias desde 1932.

Para celebrar as nove décadas de um dos clubes mais tradicionais do futebol profissional do Amazonas, o presidente do Trem da Colina, Luiz Costa, abre as portas da sede, no bairro São Raimundo, Zona Oeste de Manaus, a partir das 9h, para receber os torcedores e oferecer de cortesia uma churrascada.

A comemoração, em 2022, do aniversário do Sulão, outro dos vários apelidos que a agremiação ganhou ao longo da sua trajetória em campo, tem um sentido mais especial neste ano.

Para Costa, a festa vai compensar os dois últimos anos que o Sul América ficou sem celebrar presencialmente com a torcida sua data de fundação devido às restrições impostas pela pandemia da Covid-19.

Pelas edições do Campeonato Amazonense, o Sul América ostenta em sua história um bicampeonato conquistado nos distantes anos de 1992 e 1993. Desde então, o Trem da Colina nunca mais levantou a taça de campeão estadual da Série A, mas sempre foi um time aguerrido e que apesar dos limitados recursos financeiros costumava incomodar os clubes locais considerados grandes, como Nacional, Rio Negro e São Raimundo, quando disputava a divisão de elite.

Atualmente, o Sul América está na Série B do Estadual, torneio que já participou em 2018 quando foi vice-campeão e regressou a Primeirona para no ano seguinte, em 2019, ser rebaixado novamente. Mas na Segundinha de 2020, primeiro ano da pandemia, o Trem da Colina desistiu de brigar novamente pelo acesso e saiu da competição.

Em 2021, o Sulão resolveu voltar a campo, novamente pela Série B do Amazonense, e se juntou a outro clube tradicional vindo da elite, o centenário Rio Negro, que é recordista de quedas para a divisão de baixo. E diferente da primeira vez que jogou na Segundinha, o Sul América nem chegou perto de ficar entre os quatro primeiros times que subiram para a Série A do Estadual de 2022.

Apesar da frustração e situação financeira delicada, o presidente do Sulão garante que em 2022 a equipe não vai abrir mão da Série B na temporada dos seus 90 anos de fundação. “Hoje fazer futebol no Amazonas está muito difícil por causa da crise [econômica] e a pandemia, mas o Sul América vai disputar a B novamente com um time completamente de casa com garotada”, disse Luiz Costa, que fez um alerta para os clubes debutantes no futebol profissional do Estado.

“Estão aparecendo muitos times novos, pessoal com dinheiro. Pessoal empolgado, mas quando verem que o dinheiro [em clube de futebol] só sai e não volta, irão correr”, completou o veterano dirigente, que conhece bem as amarguras de um campeonato estadual deficitário.

Série B 2022

Recentemente, o Conselho Técnico da Federação Amazonense de Futebol (FAF) definiu o regulamento e o sistema de disputa da Série B deste ano, que contará com nove clubes e mais uma vez a dupla Sul América e Rio Negro, além do CDC Manicoré, buscarão a sonhada vaga na Primeira Divisão. Além destes três times, estão na disputa Tarumã, Atlético Amazonense, Unidos do Alvorada, RB do Norte, Parintins e CD Librade.

E caso o Trem da Colina não suba novamente para a Série A do Estadual, a edição de 2023 da Segundinha já reservará um reencontro entre o arquirrival São Raimundo, que sofreu o descenso neste ano. Teremos a volta do clássico Galo-Preto, mas desta vez pela B.

Lembrando que ambos os clubes são do mesmo bairro na Zona Oeste e carregam uma rivalidade histórica envolta até em misticismo, com ‘trabalhos’ de umbanda em um passado não esquecido durante os jogos nos estádios. 

*Com informações da assessoria

Fotos: Anderson Silva

Edição Web: Bruna Oliveira

Leia mais:

Evento de capoeira acontece neste sábado (30) em Manaus

Manaus FC arrecada quase 5 toneladas de alimentos

Torneio internacional de atletismo acontece em SP

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.